sexta-feira, 29 de maio de 2009

Um Olhar para o Universo

Exposição no Palácio das Artes retrata a Astronomia, uma das ciências mais antigas e fascinantes da humanidade

O Palácio das Artes recebe, até o dia 17 de junho, a exposição “Um Olhar para o Universo”, organizada pelo Instituto de Pesquisa Solar e Ambiental (IPSA) com colaboração da Executiva Promoções de Eventos e da Tropical Produções. O evento faz parte do “O Ano Internacional da Astronomia”, proclamado pela ONU em comemoração aos quatro séculos das primeiras observações telescópicas do céu feitas por Galileu Galilei.

A Galeria Arlinda Corrêa Lima e os Jardins Internos do Palácio das Artes foram divididos em cinco módulos (Primitivo, Mítico, Conhecimento, Futuro e Timension) onde estão expostas esculturas que remetem aos primórdios da astronomia; réplicas dos planetas e símbolos de culturas quase desconhecidas, como as colunas de Stonehenge, na Inglaterra, e os Moais, da Ilha de Páscoa. Essa estrutura é complementada por vídeos, painéis e uma série de efeitos multimídia. Além disso, na entrada do Palácio das Artes, foi colocada uma grandiosa escultura mitológica de Zeus, que se destaca.

A exposição conta também com participação especial do módulo Timension (http://www.timension.com.br/). Criado pelo ‘mago’ da computação gráfica, o designer austríaco Hans Donner, trata-se de um curioso e futurista relógio que integra o Windows Vista.

"Um Olhar para o Universo" busca analisar a relação do homem com o cosmos e proporcionar uma reflexão sobre o espaço em que a humanidade está inserida. Desse modo, são observados vários aspectos da história, da mitologia e da ciência. A idéia é despertar um sentimento de êxtase, curiosidade e descoberta sobre o tema, tão cativante e importante para a preservação do planeta. A exposição tem curadoria de Cleofas Uchoa, mestre em Ciências pelo Massachusttes Instttute of Tecnology e fundador do Observatório de Búzios, e direção geral de Bernardo Sabino.

Em Búzios (RJ), a mostra foi vista por mais de doze mil crianças, que se surpreenderem com a importância de conhecer a história do universo e a formação do sistema solar. Para o presidente do IPSA, Luiz Roberto Bandeira Marques Ferreira, “Um Olhar para o Universo” é a realização de um projeto há muito tempo concebido, que tem como objetivo principal harmonizar a relação do homem moderno com o Universo.

“O sistema de vida contemporâneo tende a afastar o ser humano da sua verdadeira essência, fazendo-o crer que o centro de tudo é a sua própria existência e respectivos problemas terrestres, visão que acaba por gerar o egoísmo e egocentrismo exacerbados”. Diante da grandeza do universo e dos avançados estudos científicos desenvolvidos pelo homem, é possível perceber a imediata necessidade de integração à natureza e da aprendizagem em se relacionar com o tempo de forma cada vez mais plena e tranqüila.

Um Olhar para o Universo
Local: Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537 – Centro)- Galeria Arlinda Correa Lima e Jardins Internos
Data: 20 de maio a 17 de junho
Horário de Visitação:
Segundas: 18h às 21h; terças a sábados: 09h30 às 21h e domingos: 16h às 21h
ENTRADA FRANCA
Idealização: Instituto de Pesquisa Solar e Ambiental
Presidente: Roberto Bandeira
Coord. Geral: Bernardo Sabino
Produção: Executiva Promoções e Eventos / Tropical Produções

Outras informações: www.palaciodasartes.com.br
Fone: 3236-7400

Assessoria de Imprensa: (31) 3274 8907- Christina Lima e Aline Gonçalves

Projeto Querubins comemora 15 anos com show solidário no Music Hall

O Projeto Querubins completa 15 anos de atividades. Para comemorar este momento tão especial, o projeto realiza um show solidário que vai reunir alguns dos mais importantes nomes da música mineira: a banda Tianastácia; o cantor, compositor e multiinstrumentista Maurício Tizumba; o músico Paulinho Santos e o cantor Vander Lee. Esta celebração acontece no Music Hall (Av. do Contorno, 3239 – Santa Efigênia), na quinta feira, dia 4 de junho e contará com a apresentação de Tutti Maravilha.

Abertura da noite fica por conta da apresentação do grupo de Dança Afro do Querubins. Em seguida, é a vez da performance de Percussão dos Tambores do Querubins. Logo após, acontece uma apresentação da técnica circense de Tecidos, com integrantes do Grupo Querubins.

A atração musical da noite é o grupo mineiro Tianastácia, que durante o show recebe convidados muito especiais - Mauricio Tizumba, Paulinho Santos e Vander Lee. Para encerrar esta grande festa, o Tianastácia convidará três educandos percussionistas do Projeto Querubins para subir ao palco e executarem uma música da banda.

Sobre o Projeto Querubins:
A criança ou o adolescente do Querubins trabalha a importância da escola,a oportunidade de uma formação integral , além da cooperação com todo o processo em que está inserida. O principal é aproveitar a chance de desenvolver suas potencialidades. Destacam-se as propostas que envolvem a melhoria da cultura, meio ambiente e capacitação profissional.

Atualmente são atendidas 250 crianças e adolescentes entre cinco e 18 anos. Integram as oficinas de educação complementar as atividades: apoio escolar, música, dança Afro-brasileira, Contemporânea, livre, Capoeira Angola, Percussão, Artes Visuais, Construção de Instrumentos, Horticultura Orgânica, Jardinagem. A associação oferece cursos profissionalizantes de informática, administração e cozinha para jovens a partir de 15 anos e adultos.

O Querubins procura atender à oferta de mão-de-obra gerada na comunidade empregando seus moradores através das parcerias com comerciantes locais. No "grupo das Mães" é realizado um trabalho de geração de renda com a produção e venda de diversos produtos de higiene pessoal. O espaço físico utilizado é cedido pela Mineração Lagoa Seca, onde foram construídas salas de dança, artes plásticas, apoio escolar, multimeios, um ginásio de esportes, sala de informática, biblioteca, uma cozinha-escola, horta orgânica entre outros.
Parcerias

O Querubins faz parcerias com: Santa Bárbara Engenharia, Cesa Logistica, Instituto Airton Senna, Magnesita, Grupo Unitas (Mineração Lagoa Seca), CEMIG, SHFormas, Banco Itaú, Mapa Turismo, Albanos, PBH (Programa de Socialização, Secretaria de Esportes, BH Cidadania), Senac, Espro, Escola Edna Roriz, Despertar, Coopen, Laço, Perfil Comunicação, Sicepot, Skank, Tianastácia e Consulte Informática. Utiliza os recursos de incentivos fiscais do Ministério da Cultura, da Secretaria Estadual da Cultura e Fundação Municipal da Cultura.

Em especial para esse evento: Idéia Comunicação, Music Hall, Noveau, Célia Souto, Tom Comunicação, Cara de Cão, MartPlus, Vagalumem, Equipe 1, ZCM, A Vista Eventos, Comemorare e On Projeções, Noar Assessoria de Imprensa, Cachaça Germana, além de pessoas físicas.

Confira as próximas atrações do Music Hall
Dia 5 de junho, sexta-feira – Festa Supra Sumo com Nasi e Marcelo Nova
Dia 10 de junho, quarta – Banda Ummagumma Pink Floyd Cover
Dia 11 de junho, quinta – Capital Inicial
Dia 12 de junho, sexta-feira – Monobloco
Dia 20 de junho, sábado – Malu Magalhães
Dia 26 e 27 de junho, sexta e sábado – Zeca Baleiro
Dia 3 de julho, sexta-feira – Toquinho e MPB 4
Dia 10 de julho, sexta-feira - Chimarruts

Music Hall – Quinta-feira – 4 de junho
Projeto Querubins apresenta: Tianastácia, Vander Lee, Mauricio Tizumba e Paulinho Santos


Abertura da casa: 20 horas. Shows a partir das 21 horas.

Ingressos:
Pista

Lote promocional – vendido apenas na Vila Acaba Mundo - R$15,00
1º lote - R$40,00 (inteira) / R$ 20,00 (meia-entrada)
2º lote - R$50,00 (inteira) / R$ 25,00 (meia-entrada)

Classificação Etária: 18 anos. Menor de 18 anos é permitida a entrada somente acompanhada pelo responsável legal ambos munidos de documentos com foto.

Venda de Ingressos: Bilheteria do Music Hall, de segunda a sábado, das 12 às 20 horas, Quiosque Shopping Cidade (piso GG), loja 5ª Avenida (27C no 3º piso), Leitura Megastore BH Shopping, pelo site http://www.ingressorapido.com.br/ e telefone 4003-1212.

Outras informações - Telefone: 3461 4000 e www.musichallbh.com.br

Assessoria de Imprensa – CL Assessoria em Comunicação – 3274 8907


Festival Outono na Serra terá show de Maurício Tizumba neste final de semana

O Festival Outono na Serra, que será realizado entre os dias 30 de maio e 28 de junho, na Serra do Cipó, começa suas atividades com apresentação de dança afro com o grupo Kandoá; shows de Renato Caetano e Trio; Tunai e Bruno Felga e Maurício Tizumba e banda Tribo Red. Essas atrações serão realizadas num palco montado ao lado do Restaurante Fogão de Lenha (rodovia MG-10 km 98), a partir das 19h do dia 30 de maio, sábado.

O evento também irá agradar aos amantes dos esportes ao ar livre. No domingo (31/05), uma das atrações será uma caminhada ecológica do Bela Gerais até a Cachoeira Gavião, num percurso de 14 km. Logo depois, às 11h, terá início a final da Copa Ciclismo de Montanha. Ainda no domingo, os participantes poderão conferir a exposição Arte em Madeira e show com o cantor Tony Ribas, que traz ao evento seu repertório de MPB.

Outono na Serra
O festival Outono na Serra tem como objetivo oferecer ao público arte e lazer durante os meses do outono e inverno. Com inúmeras opções de vinhos e comidas, os restaurantes e hotéis que participam do evento irão proporcionar aos turistas uma experiência única e agradável. A idéia é criar uma cultura de turismo na Serra do Cipó no período mais frio do ano e também contribuir para aumentar a taxa de ocupação dos meios de hospedagem e demais estabelecimentos comerciais na época em que o fluxo turístico sofre uma queda.

O Festival Outono na Serra é uma iniciativa da Convention & Visitors Bureau, em parceria com o Circuito Serra do Cipó e Secretaria de Turismo da cidade de Santana do Riacho. A produção é de Carol Carvalho.

Outros destaques da programação

• Cavalgada da Lua Cheia
Data: 6/06, às 19hs – Saída do Bela Gerais
• Noite Árabe
11/06, às 21hs - Local: Village da Serra
Apresentação de Dança do Ventre, Show de lançamento do novo CD de Jorge Bonfá, Lançamento nacional da Cerveja Medieval (Cervejaria Backer) e exposição dos trabalhos da artista plástica Adriana Drumonnd.
• Ao todo, serão nove degustações de vinhos e seis das cervejas artesanais
Germana e Backer

Serra do Cipó
Situada a 100 km de Belo Horizonte e a 70 km do aeroporto de Confins, com acesso por estrada asfaltada e bem conservada, a Serra do Cipó constitui um dos sistemas naturais mais fantásticos do mundo, com seus 34 mil quilômetros quadrados de área de preservação considerados por paisagistas renomados como o jardim botânico do Brasil.

Como parte da Cadeia do Espinhaço, trata-se do divisor de águas das bacias dos rios Doce e São Francisco. Abriga uma das mais variadas faunas, com predominância de raposas, micos, capivaras, lobos-guará, tamanduás-bandeira, veados campeiros, onças pardas e jaguatiricas.

Muitas espécies raras vegetais só são encontradas lá. É um verdadeiro paraíso de flores silvestres. Oferece aos visitantes uma variedade de rios, cachoeiras, canyons e cavernas arqueológicas com inscrições rupestres. A Serra do Cipó vem se tornando reduto favorito para os que têm predileção pela natureza e suas incontáveis belezas.

Festival Outono na Serra
Data: 30 de maio a 28 de junho
Local: Serra do Cipó
Informações ao público: http://www.visiteaserradocipo.com.br/
Telefone: (31) 8611 2388 ou (31) 8889 5768

Assessoria de Imprensa: CL Assessoria em Comunicação
(31) 3274-8907
Marcos Vinícius dos Anjos e Christina Lima

quinta-feira, 28 de maio de 2009

“BACKYARDIGANS – AO VIVO” – SESSÃO EXTRA

Devido à grande procura, o espetáculo “Backyardigans – ao vivo” terá uma sessão extra no domingo, dia 31 de maio, às 11 horas, no Grande Teatro do Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537 – Centro).

Em função da Feira de Artesanato, é recomendável ir de táxi para esta sessão extra.

O espetáculo musical traz os protagonistas da série - o pingüim Pablo; o alce Tyrone; uma criatura violeta chamada Uniqua; Tasha, a hipopótamo, e o precavido canguru Austin - que se apóiam na imaginação para embarcar em um surpreendente mundo de aventuras épicas.


“Backyardigans – ao vivo” no Grande Teatro do Palácio das Artes

CENSURA: LIVRE

Apresentações:
30 de maio – Sábado – 15 e 18 horas.
31 de maio – domingo – 15 e 18 horas.
SESSÃO EXTRA – domingo – 11 horas.

Ingressos:
Platéia 1 - Inteira – R$120,00 / Meia – R$60,00
Platéia 2 - Inteira – R$100,00 / Meia – R$ 50,00
Balcão - Inteira – R$80,00 / Meia – R$40,00

Meia-entrada para maiores de 60 anos e estudantes – menores de 12 anos não precisam apresentar comprovante para ter direito à meia entrada. Crianças a partir de 2 (dois) anos de idade devem possuir ingressos. Menores de 2 (dois) anos não pagam ingressos desde que não ocupem lugares.

Grupos para escolas – somente pelo telefone 3282 5420, com desconto de 10% para escolas caracterizadas em grupos não inferiores a 30 crianças.

Outras informações pelo telefone: 3236-7400

Assessoria de Imprensa: CL Assessoria em Comunicação – 3274 8907

Nasi e Marcelo Nova juntos na Festa Supra Sumo

O Music Hall (Avenida do Contorno, 3239 – Santa Efigênia) será palco na sexta-feira, dia 5 de junho, de um encontro que vai entrar para a história da música brasileira. Nasi (ex-Ira!) e Marcelo Nova (Camisa de Vênus) são os convidados muito especiais que vão agitar a Festa Supra Sumo. Pela primeira vez juntos em BH, os consagrados vocalistas de duas das bandas mais representativas do rock nacional prometem um show empolgante, repleto de sucessos que marcaram suas carreiras, além de várias releituras e surpresas para o público.

Antes e depois do show, o DJ Roy e o VJ Goulart agitam a maior pista de BH com um repertório de sucessos nacionais e internacionais que marcaram época. Além disso, um telão gigante exibe videoclipes e vinhetas exclusivas para relembrar o supra-sumo da música, em grande estilo.

Nasi
Após encerrar o ano que ficou marcado como o “ano da volta por cima” em sua carreira, Nasi continua na estrada com força total em 2009. Em 2008, foram mais de 70 shows em todo o Brasil. Acompanhado do quarteto clássico – baixo, bateria, guitarra e teclado, Nasi traça um panorama geral de sua carreira a cada show e, porque não dizer também, do próprio rock nacional.

Em 18 anos de carreira, Nasi se tornou um dos nomes mais importantes do rock brasileiro. Fundou, juntamente com Edgar Scandurra e Adilson Fajardo, a conceituada banda Ira!, que se tornou uma referência do rock paulistano. Gravaram três LPs e nove CDs, onde se encontram clássicos como Tarde Vazia, Vou Tentar, Núcleo Base, Envelheço na Cidade, Dias de Luta, Flores em Você. Nesse meio tempo, ele também assume os vocais da banda Voluntários da Pátria, cultuada banda de art rock, grava um LP e permanece até o final de 1984.

Nasi também possui colaborações para outros artistas. Saindo do meio rock ‘n’ roll, em 1986 ele produziu o primeiro CD de hip hop do Brasil, “Cultura de Rua”. Também produziu dois CDs para a dupla Thaide e DJ Hum, “Pergunte a Quem Conhece” e “Hip Hop na Veia”.

Em 1991, funda o grupo Nasi e os Irmãos do Blues, que tocava em jam sessions no circuito noturno paulistano. São três os CDs da banda: “Uma Noite com Nasi e os Irmãos do Blues”, em 1994; “Os Brutos Também Amam”, em 1996 e “O Rei da Cocada Preta”, de 2000. A banda participou de uma série de festivais de blues nacionais e internacionais, tocando ao lado de lendas do gênero como Pinetop Perkins, Mat “Guitar” Murphy, Roomfull of Blues, Magic Slim, John Hammond, Wilson Picket e outros.

Sem a grife Irmãos do Blues, Nasi lança em 2006 o aclamado “Onde os Anjos Não Ousam Pisar”. Este CD conta com uma série de colaborações e músicas de estilos variados, como baladas, rap, soul e, claro, rock.

Marcelo Nova
Quando se fala em rock no Brasil, o primeiro nome que vem em mente é o de Marcelo Nova. Você sabe por que?

Primeiro, porque Marcelo, criador do grupo Camisa de Vênus e parceiro de Raul Seixas, está na estrada há mais de 25 anos fazendo Rock’n‘Roll puro e visceral. Marcelo Nova permanece fiel ao que acredita, conquistando a essa altura três gerações de “Fansnáticos” que o acompanham onde quer que ele se apresente.

Segundo, porque seu texto cada vez mais burilado com o passar dos tempos, estabelece um contraponto com sua musicalidade vigorosa, envolvente e original. Suas lendárias performances de até quatro horas de duração, não serão esquecidas por quem já teve a chance de testemunhá-las.

Seus grandes sucessos como: Só O Fim, Sílvia, Eu Não Matei Joana D’Arc, O Ponteiro Tá Subindo, Carpinteiro Do Universo, Pastor João e a Igreja Invisível, Simca Chambord, Noite e tantos outros, fazem parte deste show, que sem dúvida irá eletrizar a cidade. Agora, com seu show “O Galope do Tempo” e acompanhado por sua banda, Marcelo Nova confirma tudo aquilo que faz com que seu nome seja o primeiro a ser lembrado quando se fala em rock no Brasil.

Confira as próximas atrações do Music Hall
Dia 10 de junho, quarta – Banda Ummagumma Pink Floyd Cover
Dia 11 de junho, quinta – Capital Inicial
Dia 12 de junho, sexta-feira – Monobloco
Dia 20 de junho, sábado – Mallu Magalhães
Dia 26 e 27 de junho, sexta e sábado – Zeca Baleiro
Dia 3 de julho, sexta-feira – Toquinho
Dia 10 de julho, sexta-feira - Chimarruts

Music Hall – Sexta-feira - Dia 5 de junho
Festa Supra Sumo com Nasi e Marcelo Nova


Abertura da casa – 22 horas. Show Nasi e Marcelo Nova – A partir das 23h30.
Ingressos (pista):
1º lote – R$ 40,00 (inteira) / R$20,00 (meia) - ESGOTADO
2º lote - R$ 50,00 (inteira) / R$25,00 (meia)
3° lote – R$ 60,00 (inteira) / R$30,00 (meia)
4° lote – R$ 70,00 (inteira) / R$35,00 (meia)
5° lote - R$ 80,00 (inteira) / R$40,00 (meia)

Classificação Etária: 18 anos. Menor de 18 anos é permitida a entrada somente acompanhada pelo responsável legal ambos munidos de documentos com foto.

terça-feira, 26 de maio de 2009

Backyardigans – ao vivo faz curta temporada no Palácio das Artes


O show mais esperado pelas crianças finalmente em Belo Horizonte, nos dias 30 e 31 de maio

A garotada vai poder conferir de perto os personagens de um dos desenhos animados mais queridos da atualidade. O espetáculo “Backyardigans – ao vivo” realiza duas únicas apresentações no Grande Teatro do Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537 – Centro). As sessões acontecem nos dias 30 e 31 de maio – sábado e domingo às 15 e 18 horas (quatro sessões).

As crianças aprendem a se expressar criativamente, cantar e dançar todo tipo de gêneros musicais - desde reggae e bossa nova até hip-hop - com os cinco personagens animados: o pingüim Pablo; o alce Tyrone; uma criatura violeta chamada Uniqua; Tasha, a hipopótamo, e o precavido canguru Austin. “Backyard”, o quintal, é o lugar perfeito para os Backyardigans. Ali, todas as suas aventuras se tornam realidade. É o cenário onde criam suas histórias musicais.

Os ingressos para “Backyardigans – ao vivo” estarão à venda na bilheteria do Palácio das Artes, a partir do dia 13 de maio. Meia-entrada para as categorias enquadradas na lei. Grupos de escolas terão descontos: mais informações através do telefone: 3282 5420.

A produção é da ArtBhz Produtora, que também é responsável pela grande turnê brasileira nas regiões Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste do país. Desde o ano passado, o show ao vivo dos Backyardigans tem percorrido todo o Brasil com um sucesso sem precedentes. As capitais São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Porto Alegre, Brasília, Vitória, entre outras cidades, receberam o espetáculo sempre com recordes de público. Em BH, a ArtBhz se associou à Rubim Produções para esta temporada.

Ao vivo
“Backyardigans – ao vivo” traz para o palco o retrato da série de televisão em 3D, criada por Janice Burgess e uma produção em comum de Nick Jr. e o estúdio de animação canadense Nelvanae. Começou a ser exibido em 22 de novembro de 2004, com 20 episódios e no Brasil desde 2005 pela Discovery Kids.

Quem comanda a trama é Tasha, a hipopótamo amarela que adora ser a "rainha do quintal". Ela dá aos amigos uma missão incrível: atravessar a floresta, passar por um pântano fedido e entregar a tempo uma mensagem ao rei Austin. Até chegar lá, Pablo, Tyrone e Uniqua devem contar com a esperteza e, claro, com a interação da platéia, chamada algumas vezes para participar da história.

Entre os principais destaques do espetáculo, além das músicas conhecidas das crianças, estão os coloridos cenários, que ganham ares de castelo, de floresta e de reino ao longo da apresentação. Em alguns momentos, os cenários são alternados com um telão, que mostra a movimentação dos personagens em busca do reino de Austin. Músicas de vários estilos e uma excelente coreografia movimentam a história, acompanhada por uma voz narradora que agrada tanto às crianças como a seus pais.
Backyardigans
“Os Backyardigans” é uma série musical sobre cinco personagens em idade pré-escolar que se apóiam em sua imaginação para embarcar em um surpreendente mundo de aventuras épicas. Um episódio típico pode apresentar os cinco amigos envolvidos até em um autêntico mundo de piratas. Com os Backyardigans tudo é possível!

A animação gira em torno de cinco amigos: Pablo (um pingüim azul), Tyrone (um alce laranja), Uniqua (uma uniqua rosa), Tasha (um hipopótamo amarelo fêmea) e Austin (um canguru roxo).
Todos moram na mesma rua e transformam o quintal em mundos cheios de aventura. Os episódios são sempre marcados por gêneros musicais diferentes: rock, jazz, samba, tango, reggae, etc.

“Backyardigans – ao vivo” no Grande Teatro do Palácio das Artes

CENSURA : LIVRE

Apresentações:
30 de maio – Sábado – 15 e 18 horas.
31 de maio – domingo – 15 e 18 horas.
Ingressos:
Platéia 1 - Inteira – R$120,00 / Meia – R$60,00
Platéia 2 - Inteira – R$100,00 / Meia – R$ 50,00
Balcão - Inteira – R$80,00 / Meia – R$40,00

Meia-entrada para maiores de 60 anos e estudantes – menores de 12 anos não precisam apresentar comprovante para ter direito à meia entrada. Crianças a partir de 2 (dois) anos de idade devem possuir ingressos. Menores de 2 (dois) anos não pagam ingressos desde que não ocupem lugares.

Grupos para escolas – somente pelo telefone 3282 5420, com desconto de 10% para escolas caracterizadas em grupos não inferiores a 30 crianças.

Outras informações pelo telefone: 3236-7400

Assessoria de Imprensa: CL Assessoria em Comunicação – 3274 8907

quinta-feira, 21 de maio de 2009

2ª Festa à Fantasia Supra Sumo - 3o lote

Já é garantido o sucesso da 2ª Festa à Fantasia Supra Sumo no sábado, 23 de maio, no Music Hall (Av. do Contorno, 3239 – Santa Efigênia). Os ingressos já estão no 3º lote, confira os valores:

3º lote - PISTA - R$50,00 Inteira / R$25,00 Meia-entrada;
3º lote – CAMAROTE - R$70,00 Inteira / R$35,00 Meia-entrada.

Mais informações

CORDEL DO FOGO ENCANTADO - 2o LOTE

O Cordel do Fogo Encantado é a atração do Music Hall desta sexta-feira, dia 22 de maio. A banda pernambucana traz de volta para a capital mineira o show “Transfiguração”, em comemoração a seus 10 anos de carreira.

O 1º lote de ingressos de pista para a apresentação esgotou. Confira os valores dos ingressos do 2º lote do show do Cordel do Fogo Encantado no Music Hall: Pista - R$50,00 Inteira / R$25,00 Meia-entrada.

Festival Outono na Serra leva arte, gastronomia e lazer à Serra do Cipó

Entre os dias 29 de maio e 28 de junho, a Serra do Cipó (100 km de Belo Horizonte) recebe a terceira edição do Outono na Serra, conhecido até o ano passado como Festival de Artes e Vinhos. Restaurantes, pousadas e hotéis da Serra do Cipó (ex Cardeal Mota) promoverão cerca de 60 shows musicais (jazz, bossa nova, chorinho, MPB e música instrumental), exposições de artes plásticas, gastronomia, degustação de bebidas e oficinas culturais.

Um dos destaques da programação será o show do cantor e compositor Tunai, ao lado de Bruno Felga, na abertura do evento, no dia 30 de maio, sábado, a partir das 22h. Em seguida, sobem ao palco também a banda Tribo Red, com a participação especial de Maurício Tizumba. Essas e outras apresentações serão realizadas num palco montado ao lado do Restaurante Fogão de Lenha (rodovia MG-10 km 98).

O evento também irá agradar aos amantes dos esportes ao ar livre. No domingo (31/05), uma das atrações será uma caminhada ecológica do Bela Gerais até a Cachoeira Gavião, num percurso de 14 km. Logo depois, às 11h, terá início a final da Copa Ciclismo de Montanha. Ainda no domingo, os participantes poderão conferir a exposição Arte em Madeira e show com o cantor Tony Ribas, que traz ao evento seu repertório de MPB.

Outra exposição de destaque no Festival Outono na Serra será a Lixo é Luxo, da artista plástica Wania Lage, marcada para o dia 6/06, sábado, na pizzaria Santa Pizza (rodovia MG-10 - Km 95), local que também recebe no mesmo dia show instrumental de Jazz e Bossa Nova e degustação de vinhos. A dança flamenca ganha lugar no Festival com a apresentação da bailarina Aixa Carretero, na Taberna Carumbé (Rua da Pedreira, 180 - Cardeal Mota), também no dia 6/06, a partir das 21h.

O cantor e compositor Paulinho Pedra Azul também participa do evento. No dia 13/06, sexta-feira, ele canta seus grandes sucessos no Restaurante Panela de Pedra, a partir das 21h. O encerramento do Festival, no dia 28/06, domingo, contará com um show que reunirá vários músicos que participaram do Outono na Serra, na Vila Cipó (Rodovia MG-10 - Km 97), a partir das 14h.

Outros destaques da programação

Cavalgada da Lua Cheia
Data: 6/06, às 19hs – Saída do Bela Gerais

Noite Árabe
11/06, às 21hs - Local: Village da Serra
Apresentação de Dança do Ventre, Show de lançamento do novo CD de Jorge Bonfá, Lançamento nacional da Cerveja Medieval (Cervejaria Backer) e exposição dos trabalhos da artista plástica Adriana Drumonnd.

Ao todo, serão nove degustações de vinhos e seis das cervejas artesanais
Germana e Backer

Outono na Serra
O festival Outono na Serra tem como objetivo oferecer ao público arte e lazer durante os meses do outono e inverno. Com inúmeras opções de vinhos e comidas, os restaurantes e hotéis que participam do evento irão proporcionar aos turistas uma experiência única e agradável. A idéia é criar uma cultura de turismo na Serra do Cipó no período mais frio do ano e também contribuir para aumentar a taxa de ocupação dos meios de hospedagem e demais estabelecimentos comerciais na época do ano em que o fluxo turístico sofre uma queda.

O Festival Outono na Serra é uma iniciativa da Convention & Visitors Bureau, em parceria com o Circuito Serra do Cipó e Secretaria de Turismo da cidade de Santana do Riacho. A produção é de Carol Carvalho.

Serra do Cipó
Situada a 100 km de Belo Horizonte e a 70 km do aeroporto de Confins, com acesso por estrada asfaltada e bem conservada, a Serra do Cipó constitui um dos sistemas naturais mais fantásticos do mundo, com seus 34 mil quilômetros quadrados de área de preservação considerados por paisagistas renomados como o jardim botânico do Brasil.

Como parte da Cadeia do Espinhaço, trata-se do divisor de águas das bacias dos rios Doce e São Francisco. Abriga uma das mais variadas faunas, com predominância de raposas, micos, capivaras, lobos-guará, tamanduás-bandeira, veados campeiros, onças pardas e jaguatiricas.

Muitas espécies raras vegetais só são encontradas lá. É um verdadeiro paraíso de flores silvestres. Oferece aos visitantes uma variedade de rios, cachoeiras, canyons e cavernas arqueológicas com inscrições rupestres. A Serra do Cipó vem se tornando reduto favorito para os que têm predileção pela natureza e suas incontáveis belezas.

Festival Outono na Serra
Data: 29 de maio e 28 de junho
Local: Serra do Cipó
Informações ao público: http://www.visiteaserradocipo.com.br/
Telefone: (31) 8611 2388 ou (31) 8889 5768

Assessoria de Imprensa: CL Assessoria em Comunicação
(31) 3274-8907
Marcos Vinícius dos Anjos e Christina Lima

quarta-feira, 20 de maio de 2009

PREÇOS DOS INGRESSOS - SHOW DO WANDO

Wando - Show No tempo em que a gente era feliz e não sabia
Data: 05 de junho, sexta-feira, às 22h
Restaurante Nutreal (BR 040, KM 431 – Condomínio Lagoa do Miguelão – Nova Lima)
Informações para o público: 3541 4055

Preços dos ingressos
R$160,00 por pessoa
(Valor inclui buffet completo de tira-gostos e caldos e open bar de cerveja Backer, espumante, vinho, whisky, água e refrigerante).

terça-feira, 19 de maio de 2009

Marcelo Camelo e Capital Inicial – 2º lote

Grandes nomes da música brasileira vão agitar o Music Hall com shows de lançamento de seus novos trabalhos. No dia 30 de maio, sábado, Marcelo Camelo apresenta seu primeiro álbum solo “Sou”. O 1º lote de ingressos para a pista já esgotou. Confira os valores do 2º lote: R$70,00 Inteira / R$35,00 Meia-entrada.

Em junho, no Feriado de Corpus Christi, dia 11, é a vez da banda Capital Inicial que lança em Belo Horizonte o DVD “Multishow ao Vivo”. Os fãs do grupo brasiliense se anteciparam e os ingressos para pista já estão no 2º lote, com os seguintes valores: R$60,00 Inteira / R$30,00 Meia-entrada.

Marcelo Camelo faz show de lançamento do CD “Sou” no Music Hall

O cantor e compositor Marcelo Camelo apresenta no Music Hall (Av. do Contorno, 3239 – Santa Efigênia), na sábado, dia 30 de maio, o show de seu primeiro álbum solo “Sou”. No palco, Marcelo Camelo (voz, violão e guitarra) é acompanhado por Fernando Cappi (guitarra), Marinho (guitarra), Guilherme Granado (vibrafone e teclados), Marcos Gerez (baixo), Maurício Takara (bateria), Rogério Martins (percussão) e Rob Mazurek (trompete).

Desde setembro de 2008, Marcelo Camelo está na estrada com a turnê do álbum "Sou", lançado pelo seu selo Zé Pereira através da Sony-BMG. Após passar oito meses em estúdio gravando as 14 faixas de seu primeiro disco solo, Marcelo se apresenta nos principais palcos do país ao lado da banda Hurtmold e do trompetista norte-americano Rob Mazurek. O repertório é baseado nas canções inéditas de "Sou" - Doce Solidão, Janta, Téo e a Gaivota, além de outras composições de Camelo como Despedida (gravada por Maria Rita) ou Morena (do repertório do Los Hermanos).

Marcelo Camelo - “Sou”
É o meu querido irmão Marcelo quem faz a família cantar o Parabéns mais alto que já ouvi. “Agora é hora de cantar com força e espantar o que há de ruim”, costuma dizer. Já perdi a conta das festas em que ele reuniu todos à minha volta e celebrou, com o isqueiro fazendo às vezes de vela e bolo, o meu aniversário. Também é a ele, com sua estatura, humor e violão de domingo, que a gente dirige o olhar nas poucas oportunidades onde todos se encontram. Marcelo carrega o elo.

Por isso é engraçado quando as pessoas que apenas o conhecem na figura do artista vêm falar sobre seu isolamento, sua timidez e estranheza. Não que ele não seja isolado, tímido e estranho. Às vezes, alcançar o universo dele é difícil e, por trás da alegria com a qual estou habituado, enxergo uma pessoa profundamente só. Quase sempre só. E isso confunde, porque, embora tenhamos uma intimidade irmã, existe esse muro (um mundo) que nos separa. Pois esse CD me ajudou a atravessar tudo e – tão exposto – Marcelo está agora bem perto.

Essa ambivalência de emoções converge aqui. Tudo no mundo parece fazer parte de algo único, onde o encontro de palavras, harmonias e idéias díspares forma o que ele é: que é como ele canta. “Caminho em frente pra sentir saudade” (Janta, faixa 5); “Todo amor encontra sempre a solidão” (Téo e a gaivota, faixa 1); “Posso estar só mas sou de todo mundo” (Doce solidão, faixa 4) e “Amor eu vivo tão sozinho de saudade” (Saudade, faixa 13).

Há momentos em que a solidão dá a melodia. As notas da estrofe única “E lá vai deus sem sequer saber de nós / Saibamos pois/ Estamos sós” (Passeando, faixa 3) sinalizam o instante em que o sentimento empurra para baixo. Assim, o dilema entre o perene e o efêmero, questão comum à maioria das músicas, aparece quase como conseqüência: “E até esse pra sempre / Tudo passa” (Tudo passa, faixa 2); “Pode ser cruel a eternidade” (Janta) e “De que vale ser aqui / Onde a vida é de sonhar liberdade?” (Liberdade, faixa 8).

Mas para esses versos há sempre resposta. A impressão, mais uma vez, é de que todo sentimento traz um oposto que o traduz com perfeição: “Pode ser até do corpo se entregar mais tarde / Parece simples mas a gente às vezes é / O amor é lindo deixo tudo que quiser eu não me queixo em ser / Acho normal ver a vida feito faz o mar num grão de areia” (Mais tarde, faixa 6). Quando a levada rock chega, empurra para cima e torna a resignação de Mais tarde reconfortante.

E qualquer ponto de vista torna-se lindo quando é defendido dessa forma. Uma crença de que a beleza da vida está em caminhar no mundo à mercê do acaso, das misturas, daquilo que é comum a todos os sentimentos: “Onde você for ó vida me leva / Todo sentimento me carrega” (Vida doce, faixa 12). Para quem leva em si a ambigüidade, a marchinha Copacabana (faixa 11) é finalmente o encontro com a alegria plena. Por lá, “o coração tá com jeito de bem me quer”, “os velhinhos são bons de papo” e “as gordinhas um alvoroço”. Não à toa, o bairro é o lugar de mais mistura em que a família já morou, onde as emoções coexistem.

Num cantar baixo, sussurrado até, Marcelo fez um disco que soa – difícil dizer exatamente porque – universal na sua brasilidade. É possível que o peso contemporâneo que a turma do Hurtmold impõe à boa parte das canções (sejam elas sambas, rocks ou guitarradas) ajude nessa guinada em direção ao mundo. A opção por gravar instrumentos e voz ao vivo também aproxima. Os barulhos de mar e crianças entre as músicas, os espaços dos arranjos, os bastidores da gravação (as participações de Dominguinhos e Mallu Magalhães são especialmente felizes neste sentido); o CD é íntimo e cheio de vida.

Termino o disco com o sentimento de ter travado uma sincera conversa com Marcelo. E com a sensação de que, como eu, qualquer ouvinte pode vivenciar esse diálogo. Conheço-o agora melhor e tenho orgulho da sua mais bonita obra. Quando escuto “Moça por favor / Cuida bem de mim” (Menina bordada, faixa 7), lembro da nossa mãe tão preocupada com tudo (Ana, das pinturas reproduzidas no interior do encarte). Lembro ainda do nosso pai (Ernesto), infinitamente disposto a ajudar, que com esse CD transformou-se num inesperado grande produtor executivo. Nesse mar de solidão, desse “sou” que é igual ao “nós”, estamos sempre no barco contigo, irmão. Afinal, Camelo também carrega o elo.
Por Thiago Camelo.

Próximas atrações do Music Hall

Dia 5 de junho, sexta-feira – Festa Supra Sumo com Nasi e Marcelo Nova
Dia 10 de junho, quarta – Banda Ummagumma Pink Floyd Cover
Dia 11 de junho, quinta – Capital Inicial
Dia 12 de junho, sexta-feira – Monobloco
Dia 19 de junho, sexta-feira - Rodriguinho
Dia 20 de junho, sábado – Mallu Magalhães
Dia 26 e 27 de junho, sexta e sábado – Zeca Baleiro
Dia 3 de julho, sexta-feira – Toquinho e MPB 4
Dia 10 de julho, sexta-feira - Chimarruts

Music Hall – Sábado - 30 de maio
Marcelo Camelo

Abertura da casa: 22 horas. Show Marcelo Camelo: a partir das 23 horas.

Ingressos:
Pista

1º lote - R$60,00 (inteira) / R$ 30,00 (meia-entrada)
2º lote - R$70,00 (inteira) / R$ 35,00 (meia-entrada)
3º lote - R$80,00 (inteira) / R$ 40,00 (meia-entrada)
4º lote - R$90,00 (inteira) / R$ 45,00 (meia-entrada)

Classificação Etária: 18 anos. Menor de 18 anos é permitida a entrada somente acompanhada pelo responsável legal ambos munidos de documentos com foto.

Venda de Ingressos: Bilheteria do Music Hall, de segunda a sábado, das 12 às 20 horas, Quiosque Shopping Cidade (piso GG), loja 5ª Avenida (27C no 3º piso), Leitura Megastore BH Shopping, pelo site http://www.ingressorapido.com.br/ e telefone 4003-1212.

Outras informações - Telefone: 3461 4000 e www.musichallbh.com.br

Assessoria de Imprensa – CL Assessoria em Comunicação – 3274 8907

quinta-feira, 14 de maio de 2009

UM OLHAR PARA O UNIVERSO

Exposição no Palácio das Artes retrata a Astronomia, uma das ciências mais antigas e fascinantes da humanidade


O Instituto de Pesquisa Solar e Ambiental (IPSA), juntamente com o Departamento de Física da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), realiza a exposição “Um Olhar para o Universo, no Palácio das Artes entre 20 de maio e 17 de junho,”. A Sala Arlinda Corrêa Lima e os Jardins Internos serão divididos em oito módulos, onde estarão expostas esculturas gigantes que remetem aos primórdios da astronomia; além de figuras mitológicas e símbolos de culturas quase desconhecidas, como as colunas de Stonehenge, na Inglaterra. Esta estrutura é complementada por vídeos e uma série de efeitos multimídia, sonoros e luminosos. A exposição tem curadoria de Cleofas Uchoa, mestre em Ciências pelo Massachusttes Instttute of Tecnology e fundador do Observatório de Búzios.

Após passar por Búzios (RJ), "Um Olhar para o Universo" chega a BH com o objetivo de analisar a relação do homem com o cosmos e de proporcionar uma profunda reflexão sobre o espaço em que a humanidade está inserida. A exposição quer, também, despertar nos visitantes um sentimento de êxtase, curiosidade e descoberta sobre o tema, tão cativante e importante para a preservação do planeta, além de resgatar a relação do homem com o universo. Na capital mineira, a mostra contará com a participação especial do módulo Timension (http://www.timension.com.br/), um curioso e futurista relógio, criado pelo ‘mago’ da computação gráfica, o designer austríaco Hans Donner e que integra o Windows Vista.

Um Olhar para o Universo
Local: Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537 – Centro)- Galeria Arlinda Correa Lima e Jardins Internos
Data: 20 de maio a 17 de junho
Horário de Visitação:
Segundas: 18h às 21h; terças a sábados: 09h30 às 21h e domingos: 16h às 21h
ENTRADA FRANCA

Outras informações: http://www.palaciodasartes.com.br/
Fone: 3236-7400

Assessoria de Imprensa: (31) 3274 8907
Christina Lima e Aline Gonçalves

2ª FESTA À FANTASIA SUPRA SUMO VAI AGITAR O MUSIC HALL

A Festa Supra Sumo mais elogiada de 2008 está de volta! A Segunda Festa à Fantasia Supra Sumo será realizada no sábado, dia 23 de maio no Music Hall (Av. do Contorno, 3239 – Santa Efigênia).

Nesta edição, a Festa contará com participações muito especiais: Conselho Jedi Minas Gerais e os fãs de Star Wars, a Companhia de Dança Hadara, covers de artistas famosos, além de várias surpresas durante a noite.

O espetáculo visual é garantido pelos trajes fantásticos e fantasias criativas. No telão da maior pista de dança de BH, DJ Roy e VJ Goulart relembram o melhor dos anos 70, 80 e 90.


Music Hall – Sábado - Dia 23 de maio
2ª Festa à Fantasia Supra Sumo

Abertura da casa – 22 horas.

Ingressos:
Pista
1º lote – R$ 30,00 (inteira) / R$15,00 (meia) - ESGOTADO
2º lote - R$ 40,00 (inteira) / R$20,00 (meia)
3° lote – R$ 50,00 (inteira) / R$25,00 (meia)
4° lote – R$ 60,00 (inteira) / R$30,00 (meia)

Camarote
1º lote - R$50,00 (inteira) / R$25,00 (meia) - ESGOTADO
2º lote – R$60,00 (inteira) / R$30,00 (meia)
3° lote – R$70,00 (inteira) / R$35,00 (meia)
4° lote – R$80,00 (inteira) / R$40,00 (meia)

Classificação Etária: 18 anos. Menor de 18 anos é permitida a entrada somente acompanhada pelo responsável legal ambos munidos de documentos com foto.

Venda de Ingressos: Bilheteria do Music Hall, de segunda a sábado, das 12 às 20 horas, Quiosque Shopping Cidade (piso GG), loja 5ª Avenida (27C no 3º piso), Leitura Megastore BH Shopping, pelo site http://www.ingressorapido.com.br/ e telefone 4003-1212.

Cliente da Supra Sumo que se cadastrar no site http://www.suprasumo.net/ garante meia-entrada (pista).

Outras informações - Telefone: 3461 4000 e www.musichallbh.com.br

Assessoria de Imprensa – CL Assessoria em Comunicação – 3274 8907

INGRESSOS À VENDA – SHOW DE ANDRÉ MEHMARI

Os ingressos para o show de lançamento do CD Miramari, de André Mehmari e Gabriele Mirabassi, já estão à venda na secretaria da Fundação de Educação Artística (Rua Gonçalves Dias, 320 – Funcionários – Fone: (31) 3224-1744). A Fundação funciona de 9h às 20h. No dia do show, 19/05, os ingressos serão vendidos até às 21h, horário em que começa a segunda apresentação dos músicos.

Lançamento do CD “Miramari”, de André Mehmari e Gabriele Mirabassi
Data: 19/05, terça-feira, às 19h30 e 21h
Local: Fundação de Educação Artística - Sala Sérgio Magnani
Endereço: Rua Gonçalves Dias, 320 – Funcionários
Ingressos a R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia)
Informações ao público: (31) 3224-1744
Saiba mais: www.andremehmari.com.br
www.myspace.com/gabrielemirabassi

Assessoria de Imprensa: CL Assessoria em Comunicação
(31) 3274-8907

quarta-feira, 13 de maio de 2009

ADIAMENTO DO SHOW DO FREJAT

Informamos que o artista Frejat encontra-se sob cuidados médicos por conta de uma forte conjuntivite viral e não poderá fazer o show marcado para este sábado, dia 16 de maio, no Music Hall.

Em função das agendas da Casa e do artista, este show será transferido para o mês de agosto em data a ser anunciada.

Os ingressos adquiridos terão validade para a nova data ou poderão ser devolvidos nos mesmos pontos onde foram adquiridos.

Assessoria de Imprensa: CL Assessoria em Comunicação
(31) 3274-8907

Cordel do Fogo Encantado retorna ao Music Hall no dia 22 de maio


A banda pernambucana comemora com o público mineiro dez anos de carreira

Atendendo a inúmeros pedidos dos fãs da capital mineira, a banda Cordel do Fogo Encantado retorna ao palco do Music Hall (Av. do Contorno, 3239 – Santa Efigênia), na sexta-feira, dia 22 de maio. O show terá ainda músicos mineiros convidados, como evento de abertura dos projetos culturais Ambev 2009.

O grupo pernambucano – conhecido pela influência da literatura de cordel nas letras, pela força percussiva na execução dos arranjos e pelos vocais incendiários de Lirinha, apresenta os sucessos que marcaram sua trajetória e comemora com o público dez anos de carreira.
Cordel do Fogo Encantado

A história da banda Cordel do Fogo Encantado começou na cidade de Arcoverde, Pernambuco, em 1997. Dois anos depois, o grupo marcava sua estréia no carnaval de Recife como uma das atrações do Festival Rec-Beat, um dos maiores eventos do circuito musical independente. Com um show cênico, herança do teatro, fonte da origem do grupo, Cordel do Fogo Encantado tornou-se rapidamente uma das grandes revelações da música brasileira.

Na formação, o carisma e a poesia de José Paes Lira Paes, a força do violão com efeitos eletrônicos de Clayton Barros, a referência rock de Emerson Calado e o peso da levada dos tambores de Rafa Almeida e Nego Henrique.
Com produção de Naná Vasconcelos, o Cordel do Fogo Encantado grava em 2001 seu primeiro CD. Um ano depois, eles voltam ao estúdio para o registro do segundo álbum, “O Palhaço do Circo sem Futuro”, produzido pela própria banda.

Em outubro de 2005, o Cordel lança o DVD “MTV Apresenta Cordel do Fogo Encantado”, primeiro registro audiovisual do grupo.

“Transfiguração”, terceiro álbum, é lançado em setembro de 2006. O disco mostra um Cordel do Fogo Encantado mais amadurecido musicalmente e posicionado como um dos grupos mais representativos da cena independente do Brasil. O álbum acaba de render mais um prêmio para a banda, o de melhor compositor de 2006 para José Paes de Lira (Lirinha) pela Associação Paulista de Críticos de Arte - APCA.

Entre os prêmios já conquistados pelo grupo, estão: o de banda revelação pela APCA (2001), melhor grupo pelo BR-Rival (2002), prêmio Caras (2002), prêmio TIM (2003), Qualidade Brasil (2003) e o bi-campeonato do Prêmio Hangar (2002 e 2003).

Confira as próximas atrações do Music Hall
Dia 23 de maio, sábado - 2ª Festa à Fantasia Supra Sumo
Dia 30 de maio, sábado – Marcelo Camelo
Dia 5 de junho, sexta-feira – Festa Supra Sumo com Nasi e Marcelo Nova
Dia 10 de junho, quarta – Banda Ummagumma Pink Floyd Cover
Dia 11 de junho, quinta – Capital Inicial
Dia 12 de junho, sexta-feira – Monobloco
Dia 20 de junho, sábado – Malu Magalhães
Dia 26 e 27 de junho, sexta e sábado – Zeca Baleiro
Dia 3 de julho, sexta-feira – Toquinho e MPB 4
Dia 10 de julho, sexta-feira - Chimarruts

Music Hall – Sexta-feira - 22 de maio
Cordel do Fogo Encantado e convidados


Abertura da casa: 22 horas. Participações de vários artistas mineiros convidados - a partir das 23 horas. Show Cordel do Fogo Encantado: a partir da meia-noite.

Ingressos:
Pista
1º lote - R$40,00 (inteira) / R$ 20,00 (meia-entrada)
2º lote - R$50,00 (inteira) / R$ 25,00 (meia-entrada)
3º lote - R$60,00 (inteira) / R$ 30,00 (meia-entrada)
4º lote - R$70,00 (inteira) / R$ 35,00 (meia-entrada)
5º lote - R$80,00 (inteira) / R$ 40,00 (meia-entrada)
6º lote - R$90,00 (inteira) / R$ 45,00 (meia-entrada)

Classificação Etária: 18 anos. Menor de 18 anos é permitida a entrada somente acompanhada pelo responsável legal ambos munidos de documentos com foto.


Venda de Ingressos: Bilheteria do Music Hall, de segunda a sábado, das 12 às 20 horas, Quiosque Shopping Cidade (piso GG), loja 5ª Avenida (27C no 3º piso)

CREDICARD AO VIVO

Jota Quest convida Fernanda Takai
Abertura: Maurício Tizumba & Tambor Mineiro

Dia 24 de maio – domingo – Praça da Estação – Gratuito

Depois do sucesso em Porto Alegre, o projeto Credicard Ao Vivo chega a Belo Horizonte no próximo dia 24 de maio (domingo) para mostrar um encontro inusitado e agradável: o grupo mineiro Jota Quest, com participação especial da cantora Fernanda Takai. A abertura da tarde fica por conta do multiartista Maurício Tizumba, um dos mais queridos e requisitados de Minas.

O “Credicard ao Vivo” será realizado na Praça da Estação, Centro, começa às 17 horas e é gratuito.

Com tradição no apoio à cultura e entretenimento no Brasil, a Credicard pretende, com este projeto, proporcionar novas e importantes parcerias no campo musical, assim como faz com seus clientes. A iniciativa teve início em Porto Alegre, no mês de março, e teve os shows de Nando Reis com participação de Ana Cañas e abertura da banda Tenente Cascavel. Até o final do ano, o projeto passará por algumas das principais cidades brasileiras.

Com o objetivo de dar conforto e segurança ao púbico, uma grandiosa estrutura será montada na Praça da Estação que inclui um palco de 18 metros de comprimento, ladeado por telões LED de 5m x 4m e um grande telão de LED dentro do palco, transmitindo o show com imagens em alta definição. Outros números impressionantes: 350 mil watts de som, 800mil watts de luz, além de 350 profissionais envolvidos na produção e realização.

A Credicard
A Credicard é uma das principais marcas promotoras de cultura no Brasil. A marca administra a casa de shows Credicard Hall, em São Paulo, e já realizou diversos eventos musicais, como o “Credicard pela Paz”, no Rio de Janeiro, o “Carnaval de Salvador” e o “Credicard Citi ao Vivo” em São Paulo e Rio de Janeiro.

CREDICARD AO VIVO
Jota Quest convida Fernanda Takai
Abertura: Maurício Tizumba & Tambor Mineiro
Dia 24 de maio (Domingo) - a partir das 17 horas
Praça da Estação (Praça Rui Barbosa) - Avenida dos Andradas s/nº, Centro.
Evento Gratuito

Informações para a imprensa:
CL Assessoria em Comunicação – (31) 3274-8907
Christina Lima ou Aline Gonçalves

ARCELORMITTAL FLORESTAS FAZ LANÇAMENTO OFICIAL DA REDE TEIA NO VALE DO JEQUITINHONHA

Projeto cultural promove ações em Carbonita e Senador Modestino Gonçalves

Nesta quinta-feira, dia 14 de maio, a ArcelorMittal Florestas realiza a cerimônia de lançamento do projeto Rede TEIA - Experimentação e Investigação em Artes Cênicas no Vale do Jequitinhonha. O evento acontece às 19 horas, no Centro Cultural Professora Helena Leite (Praça Monsenhor, n°13 - Centro), em Carbonita.

Estarão presentes ao lançamento os representantes da ArcelorMittal Florestas: Magna Sales Valadares (da Gerência de Comunicação e Recursos Humanos), Maria do Rosário C. Silva; Pedro Felix Iasbik (Gerência Regional); Siri Ballesteros, da Gerência de Cultura da Fundação ArcelorMittal Brasil; Nelson Bambam Júnior e Ana Flávia Amaral, da Coordenação da Rede TEIA; além de, prefeitos e autoridades das duas cidades do Vale do Jequitinhonha que recebem o projeto: Carbonita e Senador Modestino Gonçalves.

Após a cerimônia, haverá uma apresentação do espetáculo “A Ilha Desconhecida”, do Grupo Teatro Kabana, especialmente convidado para este evento. A peça é uma adaptação do conto homônimo de José Saramago. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (31) 3481-8524.

Sobre o patrocinador: ArcelorMittal Florestas
Dar apoio a projetos de desenvolvimento cultural é um dos fundamentos da política de responsabilidade social da ArcelorMittal Florestas. Dessa forma, a empresa acredita contribuir para a valorização da comunidade e da cultura local. Estas características foram encontradas na Rede TEIA. Além de desenvolver ações de formação artística para fortalecer a produção local, o projeto incentiva a manifestação cultural convidando artistas locais a se apresentar e fazer parte dessa rede de experiências.

A política de responsabilidade social da ArcelorMittal Florestas foi baseada no resultado de um diagnóstico participativo em suas comunidades vizinhas. Com o apoio da Fundação ArcelorMittal Brasil, várias parcerias estão sendo firmadas com entidades locais e governos municipais para a realização da Rede TEIA em diversos municípios, o que reforça o compromisso de trabalho em benefício da comunidade.

Rede TEIA
A Rede TEIA é um projeto cultural e educativo que como objetivo promover a circulação e reflexão cultural entre vários projetos, visando a interlocução e a integração entre grupos de teatro, a comunidade acadêmica de diversas regiões de Minas Gerais.

Desde 2004, a Rede TEIA atua em Minas Gerais, promovendo apresentações de espetáculos de teatro, além de palestras e oficinas, sempre ao lado de grupos e professores locais convidados. Vale ressaltar a importância dos grupos locais nas atividades, pois essas parcerias formam essa rede de idéias e iniciativas.

Essa rede de circulação, reflexão e formação tece, a cada edição, novos ajuntamentos entre grupos de teatro, escolas, professores e a população em geral, em várias regiões de Minas Gerais – numa verdadeira teia de ações.

A Rede TEIA acredita que essa organização possibilita as artes cênicas retomar sua função social de transformar e formar, através de uma atitude responsável, indo além da simples e passageira diversão.

Em 2009, o projeto promove até o mês de setembro workshops, sessões de espetáculos e Núcleos de Arte e Educação nas cidades de Dionísio, Marliéria, São José do Goiabal, São Pedro dos Ferros, Carbonita e Senador Modestino Gonçalves. A programação é gratuita e tem o patrocínio da ArcelorMittal Florestas, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

A coordenação geral é de Nelson Bambam Jr. O Grupo Teatro Atrás do Pano, o Grupo Trama de Teatro, a Cia Drástica, o Grupo Teatro Kabana e a Divina Comédia são parceiros nesta empreitada.

Espetáculo “A ilha desconhecida”
O espetáculo narra à história de um homem que quer navegar a procura da ilha desconhecida. Para isso, ele precisa de um barco... Inspirado em um conto de José Saramago, a montagem pode ser vista como uma parábola em que vontade e obstinação fazem a fantasia ancorar em porto seguro.

Utilizando bonecos, atores, música ao vivo e teatro de sombra, o espetáculo teve sua estréia em abril de 2007 e participou da 3ª Mostra de Teatro de Grupo/Estação em Movimento e do Circuito Cultural Fundação Belgo/Arcelor.

Grupo Teatro Kabana
O Grupo Teatro Kabana, ao longo dos seus 27 anos de estrada, soma muitas histórias no trabalho de transportar o teatro para cidades e lugares incomuns. Em sua bagagem levam elementos de uma pesquisa constante nas artes do espetáculo, trabalhando diversas linguagens e tendências. O Grupo mescla teatro, circo, bonecos, música e folguedos populares brasileiros e desta mistura surgiram os espetáculos “Vamos Jogar o Jogo do Jogo”, “Circo Colore”, “Estripulias no Azul”, “O Berro”, “Duelo”, “Vira Lata”, “A exceção e a regra”, “Show Chuá”, “Êh boi”, “U.B.U Rei @ Br”, “DuEElo” e “A Ilha Desconhecida”.

Em seu currículo, o grupo traz participações em importantes festivais como o já participou de festivais como FIT BH, Festival do Teatro Brasileiro – Cena Mineira, FIT São José do Rio Preto/SP, Mostra Latinoamericana de Teatro de Grupos, Festival Iberoamericano de Bogotá, Mostra de Cinema de Tiradentes, Festival de Inverno de Bonito, Trilhas da Cultura, Festival Internacional de Teatro de Bonecos e Festival Espetacular de Teatro de Bonecos.

Lançamento da Rede TEIA no Vale do Jequitinhonha
Data: 14 de Maio de 2009
Horário: 19 horas
Local: Centro Cultural Professora Helena Leite (Praça Monsenhor n°13 – Centro), em Carbonita.
Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (31) 4381-8524.

Aquecimento do Nana Fest com a Banda 5% no Music Hall

Uma noite especial para os amantes do Axé. Nesta quinta-feira, dia 14 de maio, acontece no Music Hall (Av. do Contorno, 3239 – Santa Efigênia), o segundo Aquecimento Nana Fest. Desta vez, a atração é a banda baiana 5%. Um show imperdível para os foliões de plantão.
Nana Fest

A edição de 2009 do Nana Fest será no dia 16 de maio no Mega Space, em Santa Luzia. Os grandes destaques do evento são os show das banda baianas Chiclete com Banana, A Zorra e 5%.
Banda 5%

“Sonho que se sonha só, é só um sonho que se sonha só. Mas sonho que se sonha junto, é realidade”. Essa frase de Raul Seixas parece traduzir a história destes cinco rapazes que nada mais vem fazendo do que realizar um sonho em conjunto. Para Topera (voz e guitarra), Nau (baixo), Pedrinho (teclado), Bruninho (percussão) e Shanon (bateria) não é mais um sonho. Quando perguntados sobre o que a Banda Cinco por Cento representa para vida deles, estes são unânimes em dizer: “A realização de um sonho”.

Sonho esse que vem se realizando a passos largos em pouco mais de um ano e meio. Trazendo uma vasta bagagem, apesar da pouca idade, esses rapazes já têm experiência de terem tocado em bares, palcos e trios. Somando isso a uma imensa vontade de trabalhar a banda, que fez 134 shows nos seu primeiros 14 meses, já teve a oportunidade de se apresentar em grandes eventos nacionais como: Fortal 2007 e 2008, Carnagoiania 2007, Micarêgoiania 2008, Acre Indor 2007 e 2008, Carnatal 2008, Carnaval de Salvador 2008 e 2009, Camaleão Fest Rio 2007 e 2008, Camaleão Fest São Paulo 2007 e 2008, EvaNave São Paulo 2009, Reveillon 2008/2009, Verão Skol Guarujá/ SP 2009, além de já ter dividido o palco com grandes nomes da música como Ivete Sangalo, Aviões do Forró, Chiclete com Banana, Asa de Águia entre outros.

A banda já se apresentou nos estados da Bahia, Sergipe, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí, Maranhão, Amazonas, Acre, Amapá, Roraima, Rondônia, Pará, Goiás, Mato Grosso, Distrito Federal, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais... Como Nau, baixista da banda, costuma dizer: “Se tem uma coisa que eu gosto de fazer é tocar, e se tem algo de que eu não gosto, é não tocar”.

Na estrada a pouco menos de dois anos, e após ter gravado seu primeiro CD de carreira, a 5% vem fazendo uma trajetória de “responsa”!! Com músicas como Tô em Liquidação, Mensagem, Dj Descarado, Sempre Cabe Mais Uma, Se Vacilar Comigo, Dança além da nova música de trabalho Só Você Não Vê, a banda vem reforçar a sua grande vocação, que está bem representada por Topera, seu vocalista, fazer música com qualidade, alegria e descontração.

Em um dos momentos do show, o tecladista encarna o Dj Pedrinho e transforma o show num verdadeiro baile funk, mostrando que a banda está de coração aberto para todos os ritmos. A emoção da banda está na percussão sob o comando de Bruninho que é vibração e interação com as músicas do começo ao fim, sempre em sintonia com seu irmão Shanon que dita o ritmo na bateria com uma pegada muito forte, tirando a galera do chão. Isso sem falar da serenidade e das sempre bem colocadas palavras de Nau que além de “suigar” tudo no baixo, é o responsável pela comunicação com a galera.

A Banda 5% é uma grata surpresa pra quem gosta de axé de verdade sem preconceitos a nenhum outro seguimento.
Music Hall – Quinta-feira - 14 de maio
Aquecimento Nana Fest – Banda 5%


Abertura da casa: 22 horas. Show Banda 5%: a partir das 23 horas.

Ingressos:
Pista
1º Lote - R$40,00 (inteira)/ R$20,00 (Meia)
2º Lote - R$50,00(inteira)/ R$25,00 (Meia)
Área Vip
1º Lote - R$60,00(inteira)/ R$30,00 (Meia)
2º Lote - R$70,00(inteira)/ R$35,00(Meia)

Classificação Etária: 18 anos. Menor de 18 anos é permitida a entrada somente acompanhada pelo responsável legal ambos munidos de documentos com foto.

Venda de Ingressos: Bilheteria do Music Hall, de segunda a sábado, das 12 às 20 horas, Quiosque Shopping Cidade (piso GG), loja 5ª Avenida (27C no 3º piso), Leitura Megastore BH Shopping, pelo site http://www.ingressorapido.com.br/ e telefone 4003-1212.

Outras informações - Telefone: 3461 4000 e http://www.musichallbh.com.br/

Assessoria de Imprensa – CL Assessoria em Comunicação – 3274 8907

segunda-feira, 11 de maio de 2009

REDE TEIA LEVA OFICINAS E ESPETÁCULOS TEATRAIS GRATUITOS PARA CINCO CIDADES MINEIRAS

Confira a programação do projeto de 12 a 24 de maio
De 12 a 24 de maio, os municípios de Carbonita, São José do Goiabal, Dionísio, Marliéria e São Pedro dos Ferros vão receber oficinas e espetáculos teatrais da Rede Teia - Experimentação e Investigação em Artes Cênicas. Até o mês de setembro, a caravana do projeto realiza gratuitamente no interior de Minas Gerais oficinas, workshops, sessões de espetáculos e Núcleos de Arte e Educação, juntamente com os grupos parceiros: Grupo Teatro Atrás do Pano, Grupo Trama de Teatro, Cia Drástica, Grupo Teatro Kabana e Divina Comédia.

Em 2009, a REDE TEIA vai por Dionísio, Marliéria, São José do Goiabal, São Pedro dos Ferros, Carbonita e Senador Modestino Gonçalves. Esta edição do projeto é realizado através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, e tem como patrocinador a ArcelorMittal Florestas. A coordenação geral é de Nelson Bambam Jr.

REDE TEIA
A Rede TEIA é um projeto cultural e educativo que como objetivo promover a circulação e reflexão cultural entre vários projetos, visando a interlocução e a integração entre grupos de teatro, a comunidade acadêmica de diversas regiões de Minas Gerais.
Desde 2004, a REDE TEIA atua em Minas Gerais, promovendo apresentações de espetáculos de teatro, além de palestras e oficinas, sempre ao lado de grupos e professores locais convidados. Vale ressaltar a importância dos grupos locais nas atividades, pois essas parcerias formam essa rede de idéias e iniciativas.

Essa rede de circulação, reflexão e formação tece, a cada edição, novos ajuntamentos entre grupos de teatro, escolas, professores e a população em geral, em várias regiões de Minas Gerais – numa verdadeira teia de ações.

A REDE TEIA acredita que essa organização possibilita as artes cênicas retomar sua função social de transformar e formar, através de uma atitude responsável, indo além da simples e passageira diversão.
Programação Rede Teia de 12 a 24 de maio

Terça-feira, dia 12 de maio
Em Carbonita, Oficina de Iniciação Teatral com a Cia. Drástica. São oferecidas 20 vagas para adolescentes de 13 a 18 anos. A oficina tem carga horária de 20h/aula e será realizada de 9 às 13 horas, no Centro Cultural. Inscrições para oficinas no Centro Cultural de Carbonita até o dia 12 de maio com Jaqueline (Informações no telefone: 38- 3526-1933)

Em São José do Goiabal, apresentação da peça “O Pastelão”, do Grupo Trama de Teatro, às 16 horas, na Praça da Igreja da Matriz.

Quarta-feira, dia 13 de maio
Em Carbonita, Oficina de Iniciação Teatral com a Cia. Drástica. De 9 às 13 horas, no Centro Cultural.

Em São José do Goiabal, apresentação da peça “O Pastelão”, do Grupo Trama de Teatro, às 20 horas, na Praça da Igreja da Matriz.

Quinta-feira, dia 14 de maio
Em Carbonita, Oficina de Iniciação Teatral com a Cia. Drástica. De 9 às 13 horas, no Centro Cultural.

Em Dionísio, apresentação da peça “O Pastelão”, do Grupo Trama de Teatro, às 16 horas, na Praça São Sebastião.

Sexta-feira, dia 15 de maio
Em Carbonita, Oficina de Iniciação Teatral com a Cia. Drástica. De 9 às 13 horas, no Centro Cultural. Também duas sessões do espetáculo infantil "Cocoricó-sol", da Cia. Drástica de Artes Cênicas, às 16 horas e às 19 horas, no Centro Cultural.

Em Dionísio, apresentação da peça “O Pastelão”, do Grupo Trama de Teatro, às 20 horas, na Praça São Sebastião.

Sábado, dia 16 de maio
Em Marliéria, uma sessão do espetáculo “O Pastelão”, do Grupo Trama de Teatro, às 10 horas, na Praça JK.

Em São Pedro dos Ferros, apresentação da peça “O Pastelão”, do Grupo Trama de Teatro, às 20 horas, na Praça da Estação.

Em Carbonita, duas sessões do espetáculo infantil "Cocoricó-sol", da Cia. Drástica de Artes Cênicas, às 14 horas e às 17 horas, no Centro Cultural.

Domingo, dia 17 de maio
Em São Pedro dos Ferros, apresentação da peça “O Pastelão”, do Grupo Trama de Teatro, às 16 horas, na Praça da Estação.

Segunda-feira, dia 18 de maio
Em São Pedro dos Ferros, Oficina Rede Teia “O treinamento físico do ator como base de instrumentalização na construção do personagem” (30h/aula). São oferecidas 20 vagas para a comunidade em geral, a partir de 16 anos de idade. A oficina acontece de 18 às 22 horas, no Colégio Álvaro Souza. Inscrições para a Oficina na Casa da Cultura com Pipinha, até o dia 18 de maio. (Informações no telefone: 33- 3352-1685)

Terça-feira, dia 19 de maio
Em São Pedro dos Ferros, Oficina Rede Teia “O treinamento físico do ator como base de instrumentalização na construção do personagem”, de 18 às 22 horas, no Colégio Álvaro Souza.
Em Carbonita, Oficina “Jogos Teatrais e Expressão Dramática” do Grupo Atrás do Pano (30h/aula). De 9 às 13 horas, no Centro Cultural. Inscrições para oficinas no Centro Cultural de Carbonita até o dia 19 de maio com Jaqueline (Informações no telefone: 38- 3526-1933)

Quarta-feira, dia 20 de maio
Em São Pedro dos Ferros, Oficina Rede Teia “O treinamento físico do ator como base de instrumentalização na construção do personagem”, de 18 às 22 horas, no Colégio Álvaro Souza.
Em Carbonita, Oficina “Jogos Teatrais e Expressão Dramática” do Grupo Atrás do Pano (30h/aula). De 9 às 13 horas, no Centro Cultural.

Quinta-feira, dia 21 de maio

Em São Pedro dos Ferros, Oficina Rede Teia “O treinamento físico do ator como base de instrumentalização na construção do personagem”, de 18 às 22 horas, no Colégio Álvaro Souza.
Em Carbonita, Oficina “Jogos Teatrais e Expressão Dramática” do Grupo Atrás do Pano (30h/aula). De 9 às 13 horas, no Centro Cultural.

Sexta-feira, dia 22 de maio
Em São Pedro dos Ferros, Oficina Rede Teia “O treinamento físico do ator como base de instrumentalização na construção do personagem”, de 18 às 22 horas, no Colégio Álvaro Souza.
Em Carbonita, Oficina “Jogos Teatrais e Expressão Dramática” do Grupo Atrás do Pano (30h/aula). De 9 às 13 horas, no Centro Cultural.

Sábado, dia 23 de maio
Em São Pedro dos Ferros, Oficina Rede Teia “O treinamento físico do ator como base de instrumentalização na construção do personagem”. De 9 às 20 horas, no Colégio Álvaro Souza.
Em Carbonita, Oficina “Jogos Teatrais e Expressão Dramática” do Grupo Atrás do Pano (30h/aula). De 9 às 20 horas, no Centro Cultural.

Domingo, dia 24 de maio
Em Carbonita, Oficina “Jogos Teatrais e Expressão Dramática” do Grupo Atrás do Pano (30h/aula). De 9 às 18 horas, no Centro Cultural.

sexta-feira, 8 de maio de 2009

André Mehmari e o clarinetista Gabriele Mirabassi fazem show de lançamento do CD Miramari


Álbum será lançado dia 19 de maio

Depois de apresentar as composições de seu sétimo CD, Miramari, em São Paulo e Londrina, o pianista e compositor André Mehmari chega a Belo Horizonte para duas apresentações na Fundação de Educação Artística (Rua Gonçalves Dias, 320 - Funcionários), no dia 19 de maio, terça-feira, às 19h30 e 21h. Mehmari, ao piano, e o clarinetista italiano Gabriele Mirabassi, seu parceiro neste trabalho, mostrarão em um show totalmente acústico as canções do novo álbum que, em sua maioria reúne músicas de autoria dos dois, além das faixas Canção Desnecessária e Rasgando Seda, compostas pelo violonista Guinga.

André Mehmari

Pianista, arranjador, compositor e multi-instrumentista. Músico de destaque no cenário nacional, é autor de composições e arranjos para algumas das formações orquestrais e câmera mais expressivas do país, como a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, Quinteto VIlla-Lobos, OSB, Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo, entre outros. Como instrumentista, já atuou em importantes festivais brasileiros como Chivas, Heineken, Tim Festival e no exterior, como Spoleto USA e Blue Note Tokyo. A discografia já reúne seis cds solo, além de participações em numerosos projetos.

Em 1998, participou como co-autor e pianista do disco-balé “Soprador de Vidro”, de Gil Jardim, tendo uma composição sua interpretada por Milton Nascimento. No mesmo ano, conquistou o primeiro lugar no Prêmio VISA de MPB Instrumental e foi amplamente elogiado pela crítica e público.

Além disso, em 2000, escreveu uma peça para o concerto especial da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo com a Banda Mantiqueira, sob regência de John Neschling, que se tornou CD. Por ocasião dos Jogos Pan-americanos Rio 2007, criou fantasias orquestrais baseadas na música de Jobim, Villa-Lobos e Chico Buarque, que foram apresentadas no Maracanã, na cerimônia de abertura do evento. Com o álbum “Nonada” foi indicado ao Grammy Latino.

Gabriele Mirabassi
Clarinetista italiano, graduou-se no conservatório Morlacchi, em Perugia, na Itália. Formou seu próprio quarteto de jazz em 1989. Dedica-se à música contemporânea e é um dos fundadores do Artisanat Furteux Ensemble. Foi ainda membro do grupo do jazzista libanês Rabih Abou-Khalil. Mirabassi já tocou nos maiores festivais de jazz da Itália e excursionou ao redor do mundo. Em 1996, foi vencedor do prêmio Top Jazz para novos talentos.

Mais recentemente dedicou-se muito à música brasileira. Com Sérgio Assad, gravou o disco Velho Retrato, em 1999, e com Guinga gravou “Graffiando Vento”, em 2004. Faz muitas visitas ao Brasil, realizando concertos ao lado de Guinga e de outros músicos brasileiros. Trabalha regularmente também com artistas italianos como Riccardo Tesi, Gianmaria Testa, Marco Paolini, Mario Brunello e Erri De Luca.

Lançamento do CD “Miramari”, de André Mehmari, com participação de Gabriele Mirabassi
Data: 19/05, terça-feira, às 19h30 e 21h
Local: Fundação de Educação Artística - Sala Sérgio Magnani
Endereço: Rua Gonçalves Dias, 320 – Funcionários
Ingressos a R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia)
Informações ao público: (31) 3224-1744
Saiba mais: http://www.andremehmari.com.br/
www.myspace.com/gabrielemirabassi

Assessoria de Imprensa: CL Assessoria em Comunicação

(31) 3274-8907

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Projeto Aqui Jazz terá apresentação em Santa Tereza, no dia 17 de maio

A segunda edição de 2009 do Aqui Jazz apresenta o grupo Take Five, no domingo, dia 17 de maio, às 11h, na Praça Duque de Caxias (Praça de Santa Tereza), com entrada franca. Em março deste ano, o projeto cultural passou pela Savassi com grande sucesso de público.


Os músicos irão interpretar alguns sucessos do jazz internacional: Georgia on my mind, Blue Moon, As times goes by, Manhatan, Night and Day, Misty e Summer Time. Clássicos nacionais, como O Barquinho, A Felicidade, Corcovado, Desafinado, Samba de Verão, Samba de uma Nota Só e Garota de Ipanema também estarão no repertório.


O projeto Aqui Jazz leva às principais praças da cidade espetáculos de música instrumental nos mais variados estilos: MPB, jazz, bossa nova, pop internacional e clássicos. Uma característica diferenciada do projeto é a presença em todos os espetáculos de um belíssimo Cadilac 1974 que faz parte da frota de veículos do Parque Renascer. As apresentações acontecem sempre aos domingos pela manhã, ao ar livre e de graça.


Pelo quinto ano consecutivo, o Parque Renascer Cemitério e Crematório e o Bosque da Esperança Cemitério Parque prosseguem com o vitorioso projeto de apoio e patrocínio à cultura mineira. Trata-se de um evento cultural que tem como um de seus objetivos divulgar gratuitamente a música de qualidade interpretada por músicos mineiros.


Fazem parte do grupo Take Five os músicos:


Clóvis Aguiar: pianista e compositor, já tocou ao lado dos mais representativos nomes do instrumental de Minas Gerais, como Juarez Moreira, Esdra (Neném) Ferreira, Ivan Corrêa, entre outros.


Ricardo Penido: trompetista formado pela UFMG, estudou durante 11 anos com Charles Schlueter, 1° trompetista da Sinfônica de Boston e professor da cadeira de mestrado do New England Conservatório, e com o Dr. Nailson de Almeida Simões. Toca há 15 anos no Take Five e administra o Grupo Mozart.


Neto Fernandes: saxofonista, estudou com o Professor Dilson Florêncio (UFMG). Foi aluno de improvisação dos professores Idrix Boderie e José Canuto. Tem participado de inúmeras gravações.


Ronaldo Araújo: contrabaixista e trompista formado pela Universidade do Sul da Flórida, atuou como músico na Orquestra Sinfônica daquela Universidade e na Orquestra Sinfônica do Palácio das Artes. Atualmente, toca na Orquestra Sinfônica da UFMG.


Francisco Neiva Filho: percussionista auto-didata extremamente talentoso, já tocou ao lado de grandes nomes da MPB e participou de inúmeras gravações. Atua há 15 anos no Take Five.


Incentivo às artes

Apoiar as artes mineiras nas suas mais variadas manifestações é uma prática desenvolvida há bastante tempo pelo Parque Renascer. A empresa já patrocinou o lançamento do livro Dizendo Adeus, de autoria do professor e doutor Evaldo A. D’Assumpção, a exposição de fotografias da jornalista Liliane Rosa, intitulada Cemitérios, e a montagem teatral Andar de Cima – Uma Comédia pra Amigos do Peito, com o premiado ator e diretor Luiz Arthur.


Também realizou a exposição Anjos de Igreja, da fotógrafa Izabel Chumbinho. Foi um dos apoiadores do espetáculo Teatral Mulheres de Hollanda e recentemente promoveu o lançamento do livro Os Comes e Bebes nos Velórios das Gerais, da escritora Déa Rodrigues da Cunha Rocha.


Aqui Jazz 2009 no bairro de Santa Tereza – Apresentação da banda Take Five

Data: 17 de maio, domingo, às 11hs

Local: Praça Duque de Caxias – Santa Tereza

Entrada Franca


Assessoria de Imprensa: CL Assessoria em Comunicação

(31) 3274-8907

terça-feira, 5 de maio de 2009

The Original Wailers em única apresentação no Music Hall

Banda que imortalizou o rei do Reggae, Bob Marley, faz show na capital mineira no dia 15 de maio

Um dos mais importantes nomes do Reggae mundial, o grupo jamaicano The Original Wailers estará em Belo Horizonte onde realiza única apresentação no Music Hall (Av. do Contorno, 3239 – Santa Efigênia), na sexta-feira, dia 15 de maio. The Original Wailers é encabeçada por Al Anderson e Junior Marvin, os legendários guitarristas de Bob Marley and The Wailers, venderam mais de 500 mil de álbuns com o rei do reggae, e conviveram com o mestre até a sua morte em 11 de maio de 81.


Nesta turnê, a banda jamaicana recriará toda a mística do autor dos sucessos “I Shot The Sheriff”, “Could You Be Love”, “Get Up”, “Stand Up”, “Is This Love” e “Redemption Song”, em um grande show que evocara seu legado espiritual e musical.


As apresentações no Brasil são parte da mega turnê pela América do Sul, incluindo Argentina, Chile, além da Ilha de Santa Lúcia, no Caribe e Estados Unidos. A banda The Original Wailers irá passar por Salvador (dia 9 de maio), Brasília (dia 10), Goiânia (dia 13) e Rio de Janeiro (dia 14). Depois desta super show no Music Hall no dia 15 de maio, o grupo segue para Fortaleza (dia 16), passa pela capital do Chile – Santiago (dia 17 de maio) e por território argentino – Buenos Aires (dia 19) e retorna ao Brasil para apresentações em Vitória (dia 20), Santos (dia 21), São Paulo (dia 22), Florianópolis (dia 23), e encerra a turnê em Recife, no dia 24 de maio.


Confira as próximas atrações do Music Hall

Dia 16 de maio, sábado – Festa Supra Sumo com Frejat

Dia 23 de maio, sábado - 2ª Festa à Fantasia Supra Sumo

Dia 30 de maio, sábado – Marcelo Camelo

Dia 10 de junho, quarta – Banda Ummagumma Pink Floyd Cover


Pista

1º lote - R$80,00 (inteira) / R$40,00 (meia-entrada) - ESGOTADO

2º lote – R$100,00 (inteira) / R$50,00 (meia-entrada) - ESGOTADO

3º lote – R$120,00 (inteira) / R$60,00 (meia-entrada)

4º lote – R$140,00 (inteira) / R$70,00 (meia-entrada)

5º lote - R$160,00 (inteira) / R$80,00 (meia-entrada)


Camarote

1º lote – R$120,00 (inteira) / R$60,00 (meia-entrada) - ESGOTADO

2º lote – R$140,00 (inteira) / R$70,00 (meia-entrada) - ESGOTADO

3º lote – R$160,00 (inteira) / R$80,00 (meia-entrada)

4º lote – R$180,00 (inteira) / R$90,00 (meia-entrada)

5º lote – R$200,00 (inteira) / R$100,00 (meia-entrada)


Classificação Etária: 18 anos. Menor de 18 anos é permitida a entrada somente acompanhada pelo responsável legal ambos munidos de documentos com foto.


Venda de Ingressos: Bilheteria do Music Hall, de segunda a sábado, das 12 às 20 horas, Quiosque Shopping Cidade (piso GG), loja 5ª Avenida (27C no 3º piso), Leitura Megastore BH Shopping, pelo site www.ingressorapido.com.br e telefone 4003-1212.


Outras informações - Telefone: 3461 4000 e www.musichallbh.com.br

Assessoria de Imprensa – CL Assessoria em Comunicação – 3274 8907

Feira de Malhas de Tricô do Sul de Minas deve faturar 3,5 milhões em sua 35ª edição

Minascentro recebe o evento até o próximo dia 10 de maio, das 14 às 22h


Estendida para ocorrer em 10 dias, a Feira de Malhas de Tricô do Sul de Minas chega à sua 35ª edição com 100 estandes com peças em malhas de tricô, tecidos planos, couro, pijamas, jeans, moda íntima, fitness, perfumes e bijuterias, além de produtos típicos como doces e quitandas. A expectativa dos organizadores é que neste ano 100 mil pessoas visitem o evento, que está no Minascentro desde o último dia 1º de maio, das 14 às 22h (Entrada pela Rua Guajajaras, 1022 – Centro). A entrada custa R$5, mas um passaporte válido para todos os dias da feira está disponível gratuitamente para impressão no site www.dynamicaeventos.com.br.


Sucesso de público e de vendas, a Feira é realizada há 12 anos pela empresa mineira Dynâmica Eventos e reúne produtores das cidades mineiras de Jacutinga, Monte Sião, Ouro Fino e Andradas. A edição deste ano também conta expositores de peças em couro de Santa Catarina e Rio Grande do Sul e também de Belo Horizonte que, em sua maior parte, expõem peças íntimas. De acordo com Antônio Raffaelli, organizador geral da Feira, a expectativa de negócios dos produtores é de R$3,5 milhões de reais.


Além de gerar renda para os expositores, a Feira também movimenta o mercado de trabalho em Belo Horizonte, já que o evento oferece oportunidades de trabalho a mais de 1.000 profissionais, entre atendentes, vendedoras, pessoal de segurança, limpeza, transporte, saúde, recepção, brigada de incêndio, montagem, eletricistas e plantonistas. “Também geramos empregos indiretos”, destaca Antônio Raffaelli, se referindo aos hotéis, restaurantes, táxis, bares, comércio local e estabelecimentos de lazer que recebem os produtores do Sul de Minas e suas equipes. Cada produtor investiu entre R$4 a R$5 mil para participar da 35ª Feira.


Sul de Minas responde por 40% da produção total de malhas no Brasil

A produção do vestuário de malhas de tricô é a principal atividade de cidades do sul de Minas Gerais como Jacutinga e Monte Sião. Grande parte dos fabricantes é composta por micro-empresários que trabalham em família e revendem a maioria da produção para lojistas, turistas e vendedores informais de várias regiões do país.


O Inverno é a estação do ano mais aguardada pelas malharias do Sul de Minas. As vendas de abril, maio e junho representam 80% da demanda anual das confecções da região. Com o aumento da demanda e a realização de feiras em vários estados brasileiros, os produtores profissionalizaram-se, mas não perderam a característica de empresas familiares.


As empresas da região contrataram estilistas e consultores de moda, para ficarem por dentro das tendências de cada estação. Atentas, algumas empresárias viajam constantemente para Europa (Paris, Roma, etc) e Estados Unidos (Nova York) para acompanharem os principais desfiles das grifes mais famosas do mundo. Os modelos, tecidos e cores são adaptados ao clima e cultura brasileiros por designers de moda contratados especialmente para a criação das novas coleções.


Outras informações: www.dynamicaeventos.com.br

Assessoria de Imprensa: CL Assessoria em Comunicação

(31) 3274 8907