quinta-feira, 30 de junho de 2011

“Minhas Sinceras Desculpas” faz única apresentação no Minascentro no dia 16 de julho

 Dramaturgia, cinema e música estão reunidos num espetáculo com o humor sarcástico e inteligente do ator Eduardo Sterblitch

Depois de uma temporada de sucesso, com passagens por palcos de diversas partes do país, chega à Belo Horizonte o espetáculo “Minhas Sinceras Desculpas”. A comédia/monólogo escrita e dirigida pelo ator Eduardo Sterblitch tem única apresentação no dia 16 de julho, às 21 horas no Teatro Topázio do Minascentro (Rua Curitiba, 1264 – Centro).

Os ingressos estão a venda no site www.ingressorapido.com.br. Também na loja Ingresso Rápido no Shopping 5ª Avenida, na Livraria Leitura da Savassi e do BH Shopping, na Livraria FNAC (BH Shopping) e na loja Me Leva Folia.

A peça mostra um ator frustrado, tentando corresponder às suas próprias expectativas em um monólogo teatral, prostrado em cena como se iludindo seu próprio tédio, dentro de um teatro, e perante as pessoas que mereciam coisa melhor, pela falta do que se dizer, pela dificuldade de ser original, porém, precisando expor suas tensões.

Provando sua diversidade na dramaturgia, o espetáculo tem como diferencial vários momentos em que a banda formada por nomes de pesos do cenário musical - Marcinho Eiras nas (guitarras), Dom Paulinho Lima (vocal), Luiz Claudio Faria (trompete), Luis Antunes (bateria), João Paulo JP (sax), Will (trombone) e Felipe Alves (contrabaixo) - entra em cena, retirando o foco do ator e mostra a essência que compõe “Minhas Sinceras Desculpas”. Além das músicas interpretadas ao vivo, são exibidos vídeos feitos por estudantes de cinema.

Clássicos de Marvin Gaye como What´s Going On e Let´s got it on s, além dos sucessos internacionais A change is Gonna come (Sam Cooke), I put a spell on you (Screamin Jay Hawkins) fazem parte do setlist do primeiro espetáculo solo de Eduardo Sterblitch que tem tudo para arrepiar a plateia.

A banda é quase um show a parte. A direção musical é de Marcinho Eiras - guitarrista autodidata que desenvolve a técnica two handed tapping (chega a tocar três guitarras simultaneamente); apresentou-se em 2000, 2003 e 2004 na maior feira de instrumentos musicais do mundo, a Musik Messe (Alemanha); e integra a Banda Domingão, do apresentador Fausto Silva pela Rede Globo. Compõem o grupo ainda Dom Paulinho Lima, dono de uma voz única e inconfundível e o tropetista Luiz Claudio Faria, que também faz parte da Banda Domingão e já tocou em shows e gravou com Elis Regina.

Eduardo Sterblitch
Simples, irreverente e naturalmente engraçado, o ator Eduardo Sterblitch mostra nos palcos o talento que o consagrou na televisão, onde dá vida aos personagens do Pânico na TV, ‘César Polvilho’, ‘Freddie Mercury Prateado’ e o ‘Ursinho Gente Fina’.

No monólogo teatral “Minhas Sinceras Desculpas”, que estreou em São Paulo em setembro de 2010, Eduardo coloca em prática seus 20 anos de estudo e prática teatral (nove anos de aulas particulares clown, oito anos de curso livre no Teatro O Tablado e quatro anos de Casa de Cultura no Laura Alvim).

O ator explica o conceito desta tragicomédia multimídia. “A minha proposta é trazer conteúdo aos momentos em que o assunto se torna desinteressante. A banda entra nesses momentos para, ironicamente, suprir o público. A luz acompanha a banda que toca, me deixando em completo escuro enquanto assistimos a um vídeo representando, em imagens, o que estaria sendo dito por mim. Talvez seja o primeiro monólogo onde a banda se torna mais importante do que o próprio ator”, satiriza Eduardo.

Os vídeos exibidos no espetáculo são estudantes de cinema. “A ideia é dar espaço para jovens cineastas que talvez/provavelmente também não correspondem com suas próprias vontades”, ironiza o ator.

“Minhas Sinceras Desculpas” – Única apresentação

Dia 16 de julho, às 21 horas
Minascentro - Teatro Topázio - Rua Curitiba, 1264 – Centro
Duração: 1hora e 30 m
Classificação: 14 anos
Ingressos: Setor I - R$ 70,00 (inteira) / Setor II e Camarotes: R$ 60,00 (inteira)
Informações: 4003 1212

Pontos de venda de ingressos:

Site da Ingresso Rápido: www.ingressorapido.com.br

Loja Ingresso Rápido – Shopping 5ª Avenida R. Alagoas, 1314 Loja 27C - Savassi

Loja Leitura Megastore BH Shopping - Rod. BR 356, 3049 Loja OP51 – Belvedere

Loja Me Leva Folia - Rua Timbiras, 2777 - Barro Preto. Horário de Atendimento: Segunda a Sexta das 09h30 às 18h30

Livraria Leitura Savassi - Avenida Cristovão Colombo, 167 – Savassi. Horário de Atendimento: Segunda a Sexta das 09 às 19 horas e sábado das 09 às 18 horas.

Livraria FNAC (BH Shopping) - Rodovia BR 356, 3049 Loja MA 61 – Belvedere. Horário de Atendimento: Segunda a Sábado das 10 às 20 horas e domingo das 12 às 18 horas.  Observação: Compras de ingressos adquiridas através do site ou Call Center não poderão ser retiradas nas lojas FNAC.

 Assessoria de Imprensa – CL Assessoria em Comunicação: 32748907


“Minhas Sinceras Desculpas” - Ficha técnica

Texto e Atuação: Eduardo Sterblitch
Direção: Eduardo Sterblitch
Direção Musical: Marcinho Eiras
Banda: Dom Paulinho Lima - vocal
Felipe Alves – Baixo
Luis Antunes – bateria
Luiz Claudio Faria – trompete
Will – trombone
João Paulo – sax
Marcinho Eiras - Guitarra
Cenografia e Direção de Arte: Márcia Moon
Iluminação: Osvaldo Vieira “Pelé”
Vídeos: Marcos Vinícius, Gabriel Chiarastelli, Daniel Calil,
Bruno Shintate, Silvio Grion e Carina Bueno.
Visagismo: Heberley Reis
Direção de produção: Carmin Mandelsberg
Produção: Alexandre Paiva
Cenotécnicos: Jorge e Denis Produções Cinematográficas
Técnico de Som: Cláudio Blanco
Maquinista: Vinícios de Souza Silva
Controller: Renata Baptistela
Realização: EBPZ Empreendimentos Culturais

Projeto MPB Petrobras traz Hermeto Pascoal para a capital mineira

 O compositor e multi-instrumentista se apresenta ao lado do seu Grupo no dia 12 de julho

O músico Hermeto Pascoal é a próxima atração do Projeto MPB Petrobras. No dia 12 de julho, às 20h30, o artista, acompanhado do seu Grupo, se apresenta no palco do Grande Teatro Palácio das Artes. No show de abertura, o público confere a apresentação do músico Maurício Tizumba. Com preços populares (R$ 20,00 / R$ 10,00), o projeto promove a formação de plateia para artistas locais e nacionais, além de valorizar a canção brasileira. O MPB Petrobras conta com o patrocínio exclusivo da PETROBRAS e o apoio da Lei de Incentivo à Cultura – Ministério da Cultura. Realização: Caderno 2 Produções Artísticas.

Hermeto Pascoal desembarca em Belo Horizonte para uma apresentação em companhia do seu grupo. Compositor e multi-instrumentista, o artista é internacionalmente reconhecido por seu talento, qualidade musical e criatividade. Na infância em Lagoa da Canoa, estado de Alagoas, Hermeto vivia às voltas com os sons da natureza. O artista criava seus instrumentos, tocava para passarinhos e passava horas tocando com a água. O menino curioso deu lugar ao músico profissional e respeitado, que viu a sua carreira se consolidar no mercado nacional e internacional, com participação em importantes festivais, como o I Festival Internacional de Jazz, em São Paulo (1978), e Festival de Montreux, na Suíça (1979), quando é editado o álbum duplo “Hermeto Pascoal ao Vivo”.

Para esta apresentação, Hermeto chega com a formação Hermeto Pascoal & Grupo. Formado por sete músicos, o Grupo é composto pelo próprio Hermeto que assume teclados, chaleira, escaleta, berrante, copo com água, oito baixos e flauta-baixo, Itiberê Zwarg no contrabaixo, Márcio Bahia na bateria, Fábio Pascoal na percussão, Vinícius Dorin nos saxes e flautas, André Marques no piano, e Aline Morena na voz e viola caipira.

Serviço: MPB Petrobras
Show: Hermeto Pascoal e Grupo
Show de Abertura: Maurício Tizumba
Dia: 12 de julho
Horário: 20h30
Local: Grande Teatro do Palácio das Artes
Convites: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada)
 
Assessoria de Imprensa Nacional:
Caderno 2 Produções – (71) 3353-3559
Ana Paula Prado – (71) 8853-4654
Rodolfo Tonasso – (71) 9110-0000

Assessoria de Imprensa Local:
CL Assessoria em Comunicação – (31) 3274-8907
Christina Lima – (31) 9981-4897 / Raquel Moreno – (31) 9775-8907

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Inscrição aberta para o “Festival de Música de Bar – Festibar 2011”


Atenção músicos, cantores e compositores de Minas Gerais, as inscrições para o “Festival Mineiro de Música de Bar”, FESTIBAR 2011, já estão abertas e podem ser feitas até o dia 20 de julho.  O valor para o cadastro de cada musica é de 10 reais. Informações e inscrições pelo telefone: (31) 2551.2282, ou pelo site: www.festibar.com.br.
Considerado um dos mais importantes festivais de Minas Gerais, o FESTIBAR surgiu em 2006, e tem como objetivo promover e divulgar músicos, cantores e compositores anônimos, que se apresentam em bares de todo o estado. O festival proporciona a essas pessoas a oportunidade de mostrar ao público seu talento e criatividade em trabalhos inéditos.
Outro objetivo do FESTIBAR é valorizar o título que BH tem como a “Capital Mundial dos Bares”, pois os barzinhos não são somente espaços gastronômicos e de convivência, mas também palcos alternativos onde muitos artistas mostram seus trabalhos profissionalmente.

Este ano o projeto tem como homenageado o cantor e compositor Vander Lee - um dos músicos do estado a despontar em todo o Brasil com o mesmo estilo tradicional dos shows em bares – um banquinho e um violão. Nascido em Belo Horizonte, ele começou sua carreira tocando em bares,e hoje tem músicas de sua autoria gravadas por vários cantores e principalmente cantoras de todo o Brasil.

O festival é aberto às inúmeras formas de interpretações populares da música brasileira, não tendo nenhuma restrição a ritmos, estilos e interpretações.
Podem participar artistas que residam no estado de Minas Gerais, de acordo com o regulamento disponível no site: www.festibar.com.br. A música enviada deve ser autoral e de produção independente.

Em Belo Horizonte, as inscrições podem ser feitas também no Posto da Belotur - Mercado das Flores, no endereço: Av. Afonso Pena, 1055 – Centro, Tel. 3277-7666 - Horário de recebimento: 2ª a 6ª das 9h às 18h - Sábado das 9h às 15h.
Loja Serenata Av. Getulio Vargas 691, Savassi.

Centro do Movimento apresenta coreografias em “Noite de Gala” no Teatro do Colégio Santo Agostinho


No dia 02 de julho, sábado, às 19 horas, o “Centro Artístico de Dança” e o “Dança Jovem”, grupos pertencentes ao Centro do Movimento, realizam diversas coreografias, em uma “Noite de Gala” no Teatro do Colégio Santo Agostinho. Fragmentos de ballet de repertório e jazz serão interpretados pelos alunos do Centro Artístico de Dança. Já o Dança Jovem apresenta as performances “Samba” e “Noite Severina”. A entrada inteira para os espetáculos custa 30 reais. Mais informações pelo telefone: (31) 3335-4713

Coreografadas pelo bailarino Rafael Bittar, “Samba” e “Noite Severina” são as representantes do estilo contemporâneo, sendo curtas e distintas. “Rafael já demonstrou seu talento quando trabalhou com a gente no Dança Jovem. Ele tem muito jeito para criar” , diz Ester França, coordenadora do grupo.

Trechos das coreografias clássicas "Sylvia" "La Bayadere" e "Raymonda", além das variações de "Pássaro Azul”, de "Coppélia", de “Pas de deux Camponês” e a performance "Valsa das Horas" também serão apresentadas durante a noite pelo Centro Artístico de Dança. O grupo também realiza o espetáculo "Preparação para a Festa”, pertencente ao gênero do jazz

A iniciativa é feita em conjunto com “O Proação”, entidade sem fins lucrativos que visa criar melhores condições de vida a crianças, adolescentes e a suas famílias, pertencente à comunidade de Nova Vista, situada na região leste do município de Belo Horizonte. Toda renda arrecadada com o evento será destinada para sustentabilidade das atividades da instituição.

SERVIÇO
COREOGRAFIAS - CENTRO DO MOVIMENTO
DATA: 2 de julho de 2011
LOCAL: Teatro do Colégio Santo Agostinho
HORA: 19H
VALOR: 30 reais ( inteira)  15 reais (meia)
MAIS INFORMAÇÕES: (31) 3335-4713

CENTRO DO MOVIMENTO

Coligações de empresas, que embora tenham sido criadas com objetivos próprios e bem definidos, estão vinculadas por um objetivo coletivo: Melhorar a qualidade de vida das pessoas através do incentivo ao movimento. São elas: Centro Artístico de Dança, Pilates Valéria Bhering, Dança Jovem, Movasse e a Clínica Reativar.

CENTRO ARTÍSTICO DE DANÇA

Como o próprio nome já diz, é um centro de artes que tem a dança como fio condutor, sendo uma academia voltada tanto para a formação de bailarinos profissionais, quanto para pessoas que procuram a dança com o objetivo da melhoria da qualidade de vida.  Foi fundado em 1980, pela bailarina Valéria Bhering, e associa os conceitos de saúde física, mental e emocional, utilizando uma metodologia inovadora, tendo como suporte técnico o método Pilates.

DANÇA JOVEM

Criado em 2005, o projeto Dança Jovem visa à formação de profissionais preparados para ingressar no mercado de trabalho, desenvolvendo um trabalho baseado na criação, composição coreográfica e improvisação. Ele trabalha com processos de criação colaborativos com o objetivo de incentivar através da profissionalização, a constante reciclagem e aprimoramento de novos talento.  É dirigido pela bailarina e coreógrafa Ester França e coordenação geral de Valéria Bhering.

PROAÇÃO

Fundado em agosto de 2005, “O Proação” tem o slogan Ser Humano precisa ser humano, e dedica-se a criar melhores condições de vida às crianças, adolescentes e suas famílias da comunidade de Nova Vista. Suas atividades consistem na aplicação de metodologias especialmente desenvolvidas para levar aos seus participantes atividades culturais, artísticas e de lazer, como forma de complementação à educação formal e sistêmica.

A Entidade não possui fins lucrativos e busca “Parceiros” para desenvolver ações que promovam a cidadania, a valorização do ser humano, da família e dos valores universais, assim como trabalhar na promoção, divulgação e incentivo à inclusão educacional nas diferentes camadas sociais.

Espetáculo infantil “A Maior Flor do Mundo” entra em cartaz no Teatro Marília


Entre os dias 25 de junho e 17 de julho, o espetáculo “A Maior Flor do Mundo” será apresentado no Teatro Marília (Av. Prof Alfredo Balena, 586 – Centro). A peça acontece aos sábado e domingos, sempre às 16h30. Os ingressos podem ser adquirido na bilheteria do teatro pelo valor de 16 reais (inteira) e nos Postos Sinparc pelo preço de sete reais. Mais informações pelo telefone: (31) - 3277-4697

Adaptação da obra homônima do escritor português José Saramago, a peça é destinada ao público infantil e conta a história de um Menino, o menor de todos os habitantes de uma aldeia, que tem a difícil missão de encontrar “A Maior Flor do Mundo” e, assim, salvar o mundo de uma série de desastres naturais que estão acontecendo por causa de seu definhamento.

Para conseguir seu objetivo, o Menino tem que superar uma série de desafios, como passar pelo Dragão da Poluição; a Ninfa de Três Cabeças, representante máxima do consumismo; a Múmia Egoísta e o Gigante Vaidoso. Ao conseguir a transformação desses monstros, o Menino, enfim, leva as gotas da fertilidade à flor e a salva, bem como ao mundo, mostrando que o ser humano, por mais fraco que seja, pode alcançar alturas inimagináveis.

Ficha técnica
Direção e Adaptação: SERGIO ABRITTA
Produção Executiva: MARCUS VINICIUS LOUREIRO
Assistente de Produção: LUIZ HENRIQUE
Trilha Sonora: GERALDINHO ALVARENGA, PAULINHO PEDRA AZUL E SÉRGIO ABRITTA.
Preparação vocal: VALERIA BRAGA
Voz: ELENCO E PARTICIPAÇÃO ESPECIAL DE PAULINHO PEDRA AZUL
Iluminação: LUIZ HENRIQUE
Cenários e Figurinos: DÉCIO NOVIELLO
Operador de Som: LUCAS FARIAS
Fotografia: LUDMILA LOUREIRO
Preparação Corporal e Coreografias: TUCA PINHEIRO 
Elenco:
ANA GUSMÃO
RITA MONCORVO
BARBARA PELEZ
TONINHO DA CRUZ
SERGÊ WEICK
DANIEL FARIA
REALIZAÇÃO – RETICÊNCIAS NÚCLEO DE ARTES CÊNICAS

SERVIÇO
“A MAIOR FLOR DO MUNDO”
LOCAL: Teatro Marília (Av. Prof Alfredo Balena, 586 – Centro).
DATA: De 25 de junho a 17 de julho. Sempre aos sábados e domingos.
HORA: 16h30
PREÇO: INTEIRA: R$16,00/MEIA: R$ 8,00/SIMPARC: R$7,00
INFORMAÇÕES: (31) - 3277-4697


quinta-feira, 16 de junho de 2011

Aline Calixto lança segundo disco de samba abrindo as portas para outros estilos


Muita coisa aconteceu desde que Aline Calixto lançou seu primeiro disco, em 2009. De lá pra cá, a cantora encantou muita gente, esbarrou com ídolos no palco e fora dele, foi premiada e, o melhor de tudo, conquistou a confiança de muitas feras, que entregaram-lhe de olhos fechados composições para ela gravar o álbum que está sendo lançado pela Warner Music. Flor Morena traz uma nova versão de Aline, essa carioca que se mudou para Minas Gerais quando pequena, mas voltou ao Rio para se afirmar como uma das revelações da música brasileira. Se há dois anos ela veio divulgando o samba que costumava cantar, agora Aline começa a abrir as portas para outros estilos. O segundo CD também mostra uma cantora mais madura e segura, que sabe que escolheu o caminho certo a seguir.

“Nesses dois anos, percebi o crescimento do trabalho e como isso reverberou em outros estados, percorri 9 capitais brasileiras. Esse CD é muito importante pra mim. É a continuação de um trabalho, mas com uma concepção um pouco diferenciada. Tem samba tradicional, tem música que é samba misturado com salsa. Abri espaço para o diálogo entre o meu samba e outros gêneros”, diz Aline.

Os ritmos latinos se encontram com violão, moringa e efeitos em “Conversa Fiada”, a única composição do disco em que letra e melodia levam a assinatura de Aline. “Teu Ouvido”, que fala de amor e faz uma analogia entre a batida do coração e a do bumbo, é uma parceria com Thiago Paschoa e Arthur Maia. O baixista, que acompanha feras como Gilberto Gil, assina a produção musical do álbum e a maior parte dos arranjos ao lado de Thiago Delegado, o violonista que toca com Aline desde o início de sua carreira e que tem uma harmonia e forma de tocar muita própria.  “Esse disco está cheio de pessoas queridas, que eu admiro muito. “Flor Morena” tem arranjo de Gilson Peranzetta, um dos grandes maestros do Brasil. “Gemada Carioca” foi composta e arranjada por Martinho da Vila”, conta Aline.

A aproximação com Martinho se deu quando o sambista gravou o disco Poeta da Cidade, em homenagem a Noel Rosa, e convidou Aline para participar. Foi nele que a cantora pensou quando percebeu que não conseguiria sozinha, escrever uma canção em homenagem à tataravó, cuja história descobriu recentemente. “Conversando com minha avó, soube que minha tataravó era uma escrava que conquistou o Coronel André Resende a ponto de ele largar sua esposa para viver com ela. Eu amei essa história! Sou compositora, mas não consegui escrever algo tão pessoal e pedi ao Martinho.” O bamba enviou letra, melodia e ainda preparou o arranjo de “Gemada Carioca” para Aline gravar.

A faixa-título, “Flor Morena”, foi um presente do amigo Arlindo Cruz e de Zeca Pagodinho. Zeca compôs a música para sua filha, mas deu a Aline a responsabilidade de eternizá-la, mostrando a força das mulheres. “É uma música linda, porque retrata a mulher de forma muito doce, como uma flor, enquanto tem tanta letra por aí que bombardeia as mulheres.” O cuidado com o que canta também ajudou Aline a decidir colocar no repertório “Caçuá”, de Paulo César Pinheiro com o baiano Edil Pacheco. Quando ouviu, apaixonou-se. Mas não desencanou até descobrir o que queria dizer uma palavra na frase “Ela não para de bolir o seu tunda”. Aos risos, Paulo César traduziu “tunda” para “bumbum”.

Outra dupla de ouro gravada por Aline Calixto é Nei Lopes e Moacyr Luz: a cantora interpreta o sincretismo em “Ecumenismo”. Parceiros da nova geração, João Cavalcanti e Joca Perpignan enviaram “De Partir Chegar” para conquistar a cantora. Segundo o líder do grupo Casuarina, a música é uma “cirandatu”, ou seja, uma mistura de ciranda com maracatu. Outra conquista foi a de Peu Meurray, um baiano que já acompanhou muitas feras e entregou a Aline uma música que fala sobre a universalidade do samba. “Cabila” teve partes gravadas na Bahia, assim como “Cafuso” (Toninho Geraes) e “Caçuá”. A Bahia, por sinal, acolheu muito bem Aline Calixto. Ela foi convidada a subir ao palco com Carlinhos Brown, Ivete Sangalo e Gilberto Gil no Sarau do Brown e pôde ver de perto fãs cantando suas músicas. 

“Reza Forte” é uma música de Rodrigo Maranhão e Mauro Reza que homenageia Rio e Minas: “Eu misturo samba enredo com tambor mineiro na música.” Do baú de memórias, Aline resgatou “Je Suis la Maria”, de Dora Lopes, uma cantora da era do rádio descoberta no final da década de 40 por Ary Barroso e esquecida pelo tempo. O disco conta ainda com “Blá blá blá” (Toninho Geraes), “Me Deixa Que Eu Quero Sambar” (Mauro Diniz)  e uma belíssima releitura em voz e violão de uma canção de Paulinho da Viola abençoada por ele mesmo por uma grande coincidência: no dia em que Aline estava gravando “Coração Vulgar” no estúdio, soube que o Príncipe do Samba estava na sala ao lado. Mesmo nervosa, foi até lá, convidou o ídolo para ouvir o que já estava registrado, e ganhou elogios. 

Aline ganhou fãs por todo o Brasil, e já gravou com Martinho da Vila, Sérgio Loroza e Flávio Renegado. O mundo do samba e da música brasileira abraçou Aline Calixto e ela está prestes a abraçar o mundo. De Viçosa, município mineiro no qual aonde tudo começou, a cantora se prepara para fazer sua primeira turnê internacional, pela Austrália e Nova Zelândia. Passo óbvio para quem já foi agraciada com o tão desejado o prêmio Disco do Ano da Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA), em 2009, um ano antes de ela ser indicada em duas categorias no Prêmio de Música Brasileira, melhor Cantora de Samba e melhor Cantora por Voto Popular.

Maio 2011

Paula Fernandes ao vivo no Chevrolet Hall

Fenônemo do ano da música brasileira, a cantora faz única apresentação no dia 2 de julho

A cantora, compositora e violonista Paula Fernandes comemora com o público mineiro o sucesso de seu novo trabalho em um show único e emocionante no sábado, dia 2 de julho, a partir das 22 horas, no Chevrolet Hall (Av. Nossa Senhora do Carmo, 230 – Savassi). Lançado em fevereiro de 2011, o CD/DVD “Paula Fernandes ao Vivo” alcançou a impressionante marca de 700 mil cópias vendidas.

Os ingressos estão à venda nas bilheterias do Chevrolet Hall e no site da Tickets for Fun - http://premier.ticketsforfun.com.br. Outras informações pelo telefone: (31) 2191-5700. A produção local desta super é da Tim Soier Promoções.
Paula Fernandes Ao Vivo
A apresentação faz parte da turnê “Paula Fernandes Ao Vivo”, em que a artista interpreta um repertório baseado no álbum “Pássaro de Fogo”, além de novas canções levadas a público pela primeira vez no CD/DVD e outras melodias que fazem parte de seu acervo sentimental. Os fãs vão ouvir sucessos como Meu Eu em Você, Pássaro de Fogo, Jeito de Mato, Sensações, Tocando em Frente (que fez parte da trilha sonora da novela ‘Araguaia’) e Quando a Chuva Passar. E também releituras de clássicos da música brasileira, como Ainda Ontem Chorei de Saudade (composição de Moacyr Franco, popularizada por João Mineiro & Marciano e outras duplas de sucesso), entre outras canções.

Cantora desde os oito anos de idade - hoje com 27 - Paula Fernandes mostra com exuberância a experiência acumulada, a firmeza no controle da voz e de seu instrumento, o violão. Além disso, Paula conta ainda com uma banda afiada e um cenário impecável. A cenógrafa Gigi Barreto desenhou uma majestosa árvore, que toma conta do palco. Em um telão no fundo do cenário, são projetadas imagens da terra, do ar, da água – elementos que compõem o discurso lírico da artista. Para cada canção, o diretor de fotografia Marcos Olívio criou um clima diferente, alternando luzes, cores e elementos que embalam visualmente a mensagem e o espírito contido nas letras, em perfeito equilíbrio com a personalidade musical de Paula Fernandes.

Paula Fernandes no Chevrolet Hall
Dia 02 de junho – sábado – 22h30
Arena Chevrolet Hall - Av. Nossa Senhora do Carmo, 230 - Savassi

Mesas: ESGOTADO
Pista/Arquibancada
1º lote: ESGOTADO
2º lote: ESGOTADO
3º lote: ESGOTADO
4º lote: ESGOTADO

Ingressos a venda nas bilheterias do Chevrolet Hall e no site da Tickets for Fun - http://premier.ticketsforfun.com.br
Classificação etária: 16 anos – haverá venda de bebidas alcoólicas
Informações: (31) 2191-5700
Assessoria de Imprensa: CL Assessoria em Comunicação - 32748907